top of page

Tribunal Regional Eleitoral vai recontar votos de vereadores das eleições de 2020

Ainda não é possível afirmar se a decisão deverá alterar o resultado geral da eleição legislativa

Na próxima segunda-feira (30), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) informou que os votos em Paulínia, para vereadores nas eleições de 2020, serão recontados. Haverá o reprocessamento de votos.

Segundo informações do TRE, a recontagem ocorrerá no Cartório Eleitoral. A ação vai acontecer porque houve o registro de uma candidatura do partido Republicanos que foi indeferida pela Justiça Eleitoral. A votação foi recebida pela então candidata Celia Docha. Ela teve o registro indeferido pela Justiça Eleitoral em razão da não apresentação da “ata de reunião” oficializando-a como “candidata substituta”, no lugar de Graça Alves, que também teve o registro negado.

Celia tentou reverter a decisão no TRE-SP, mas teve o recurso negado monocraticamente pelo relator do caso, desembargador Paulo Galizia. Segundo ele a recorrente, mesmo solicitada, não teria juntado no processo procuração outorgada ao advogado Thiago Eduardo Galvão Capellato. Com isso, os votos recebidos por ela, que até então estavam suspensos, serão anulados pela Justiça Eleitoral de Paulínia.

Depois da recontagem, a Justiça vai emitir um novo relatório, que ficará disponível por três dias. Ainda não é possível afirmar se a quantidade de votos anulados da republicana será suficiente para alterar o resultado geral da eleição legislativa.


Fontes: Zatum/Correio Paulinense

Comments


bottom of page