Pauliprev recupera R$ 1,8 milhão do Fundo Piatã



O Instituto Pauliprev está prestes a atingir R$ 100 milhões em valores recuperados de investimentos realizados em fundos ilíquidos que ameaçaram a liquidez da autarquia.


Na quarta-feira (15), foram aplicados R$ 1.829.097,86, recurso obtido junto ao Fundo Piatã, e, imediatamente direcionado à Caixa Econômica Federal até posterior deliberação do Conselho Administrativo do Instituto. Com esse movimento, já são R$ 94,4 milhões, valores que voltaram aos cofres da Pauliprev para saldamento de benefícios aos servidores beneficiários.


Esse trabalho de renegociação junto aos fundos ilíquidos vem acontecendo desde 2019. Somente em relação ao Fundo Piatã, por exemplo, já foram recuperados 67,2% do total investido, ou seja, mais que 2/3 do total aplicado de R$ 27 milhões, operação realizada em 2009.


“Com essa recuperação, estamos muito perto de atingir R$ 100 milhões recuperados desde 2019 em valores aplicados anteriormente em fundos ilíquidos”, afirma Marcos André Breda, presidente da Pauliprev.


Para Breda, os resultados financeiros sinalizam uma mudança de postura no Instituto. “Sabemos o tamanho de nosso desafio, mas mantemos o firme propósito de melhorar nosso desempenho, com aumento da transparência e melhora na gestão dos recursos de nossas mantenedoras e dos beneficiários”, admite ele.