Paulínia receberá mais de R$ 1 milhão para ações de enfrentamento à pandemia

O recurso é provido do Fundo de Desenvolvimento Metropolitano

Na última terça-feira (20) os prefeitos que integram o Conselho de Desenvolvimento da RMC (Região Metropolitana de Campinas) aprovaram o manual de instruções para solicitação dos R$ 18 milhões em recursos do Fundocamp (Fundo de Desenvolvimento Metropolitano) para custear ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19 e, consequentemente, os valores que serão repassados aos 20 municípios. Na ocasião, o Chefe do Executivo paulinense, Du Cazellato não pôde estar presente.

Os recursos do Fundocamp – pleiteado pela Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas) e liberado no final de maio pelo governador João Doria –, foi aprovada a seguinte divisão: R$ 500 mil para os municípios com população de até 50 mil habitantes (Engenheiro Coelho, Holambra, Morungaba, Pedreira e Santo Antonio de Posse); R$ 800 mil para municípios com população entre 50 e 100 mil habitantes (Artur Nogueira), Cosmópolis, Jaguariúna, Monte Mor, Nova Odessa e Vinhedo); R$ 1.050 milhão para os municípios com população entre 100 e 200 mil moradores (Itatiba, Paulínia, Santa Bárbara e Valinhos) e R$ 1,3 milhão para as cidades com população acima de 200 mil habitantes (Americana, Campinas, Hortolândia, Indaiatuba e Sumaré), levando em consideração a estimativa populacional feita pelo IBGE em 2020.