Paulínia Racing Bicicross entrega cestas básicas para alunos do Projeto Formando Cidadãos

Os lanches entregues para os alunos durante as aulas presenciais foram substituídos pelas cestas básicas

A mudança das aulas presenciais para aulas on-line do Paulínia Racing Team durante a pandemia não foi a única durante o momento de enfrentamento da pandemia da Covid-19 em Paulínia. Os lanches antes entregues durante as aulas foram substituídos por cestas básicas que estão sendo distribuídas para 100 famílias de crianças inscritas no projeto.

“Nesse período de pandemia, as crianças deixaram de receber o kit lanche em todas as aulas, composto por um lanche, uma fruta e um suco que eles recebiam no final das aulas. Agora, utilizamos os valores do kit para a compra das cestas básicas. Sentimos que muitas famílias não estavam conseguindo suprir a necessidade”, explica Janaína Bertuolo Carrano, assistente social da equipe.

Entendemos que este momento é difícil para os pais, agora os profissionais do projeto entram em contato com as famílias dos inscritos para a retirada das cestas na sede do Paulínia Racing Team. “Estamos organizando as entregas em horários exclusivos para que não haja muitas pessoas na sede. Também é um momento para entender como cada família está neste momento”, explica Janaína.

A Escola Paulínia Racing Bicicross Formando Cidadãos é um projeto patrocinado pela Syngenta e Katoen Natie, via Lei de Incentivo ao Esporte, da Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, do Governo Federal e a entrega das cestas básicas só foi possível por conta da portaria MC nº 612 de março de 2021 que autorizou a substituição da entrega de lanches para todos os beneficiados.

Além disso, a associação mantém atividades sociais para amparar as famílias dos alunos neste momento de instabilidade em que vivemos, dando apoio psicológico, prestando serviços de assistência social, ouvindo, orientando e motivando a todos que apresentam alguma necessidade de ajuda.

“Trabalhamos não só para a introdução de nossas crianças nas atividades esportivas, mas temos como filosofia o apoio mútuo à comunidade. A formação de cidadãos vem desde o entendimento do momento atual da pandemia, mas também na preocupação para o seu bem-estar dentro de casa durante o período. Por isso essa portaria é tão importante, nos dá embasamento para auxiliar nossos alunos e suas famílias”, afirma Júlio Brustolin, presidente do projeto.