top of page

Paulínia encerra primeiro semestre do ano com saldo positivo de 2300 empregos gerados

Nos demais meses o número de contratações sempre foi maior que o de demissões

Paulínia encerrou o primeiro semestre deste ano com 2300 novos empregos gerados, segundo pesquisa do Caged (Cadastro Geral de Empregos e Desempregos) do Ministério do Trabalho do Governo Federal.

Entre janeiro e junho, foram 11182 admissões e 8882 desligamentos. Somente em abril o saldo foi negativo. Já nos demais meses o número de contratações sempre foi maior que o de demissões.

“Combatemos a pandemia, sem jamais descuidar das outras áreas. Além das obras públicas, a cidade segue recebendo investimentos e isso resulta no aquecimento da economia”, comentou o prefeito, Du Cazellato.

As áreas de serviços, construção e industrial, são as que apresentaram o maior número de contratações.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Sami Goldstein, diversas ações estão em andamento para que o segundo semestre resulte em mais postos de trabalho sejam gerados. “Temos cursos de qualificação em andamento e em parceria com outras secretarias, estamos desenvolvendo projetos e eventos para fomentar a cidade”, destacou.

Comments


bottom of page