Paulínia e outras tres cidades da região recebem programa estadual de empoderamento às mulheres


Os municípios recebem vagas para cursos de capacitação de profissionais da Delegacia de Defesa da Mulher, entre outras ações

Na quarta-feira (28) a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, realizou o lançamento regional do programa "TODAS in-Rede" em cinco cidades do interior paulista. As prefeituras e a pasta firmaram parceria e assinatura de Protocolo de Intenções durante live transmitida nas redes sociais da Secretaria (PessoaComDeficienciaSP).

Ao aderir ao programa, Araras, Artur Nogueira, Cosmópolis, Limeira e Paulínia recebem vagas para capacitação de profissionais da Delegacia de Defesa da Mulher para atendimento às mulheres com deficiência vítimas de violência e o Curso de ensino à distância (EaD) de Libras, além de divulgar as campanhas educativas do "TODAS in-Rede".

A transmissão do evento online acessível com intérprete de libras e legendas, contou com um alcance de mil pessoas. Além da Secretária Célia Leão, participaram a Presidente do Fundo Social e São Paulo e Primeira-Dama, Bia Doria, a Secretária de Assistência Social de Paulinia, Rita Coelho, representando o Prefeito Du Cazellato, o Prefeito de Cosmópolis, Junior Felisbino, o Prefeito de Artur Nogueira, Lucas Sia, o Prefeito de Limeira, Mario Botion, o Prefeito de Araras, Pedrinho Eliseu, a Coordenadora das Delegacias de Defesa da Mulher do Estado de São Paulo, Dra. Jamila Ferrari e as intérpretes de Libras Beatriz e Karina.

Segundo dados da Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência (https://www.basededadosdeficiencia.sp.gov.br ), nos municípios de Araras, Artur Nogueira, Cosmópolis, Limeira e Paulínia existem mais de 25,6 mil pessoas com deficiência, destas 14 mil são mulheres com deficiência.

TODAS in-Rede

O programa "TODAS in-Rede", da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, visa o empoderamento das mulheres com deficiência do estado de São Paulo, buscando sua autonomia em diversos pilares como o acesso à informação, trabalho, renda e autonomia financeira, exercício dos direitos afetivos, sexuais e reprodutivos, prevenção à violência e autoestima e liderança.