top of page

Nova Câmara Jovem e estudantes com ótimo rendimento escolar são diplomados

O diploma “Aluno Nota 10” foi concedido pela primeira vez, proposto pelo vereador Alex Eduardo (Solidariedade)


A Câmara de Paulínia promoveu sessão solene para reconhecer o empenho dos estudantes da cidade. A cerimônia empossou a Câmara Jovem 2023 e homenageou alunos com desempenho exemplar no ensino fundamental e no ensino médio.

O diploma “Aluno Nota 10” foi concedido pela primeira vez, proposto pelo vereador Alex Eduardo (Solidariedade). Foram 22 nomes indicados pelas escolas, com base em critérios como nota, frequência, comportamento e participação em atividades dentro e fora da sala de aula.

Subiram ao palco muitos talentos. Um dos momentos mais emocionantes ocorreu no discurso da estudante Idelma Xavier Lisboa de Souza. Aos 60 anos, ela frequenta o EJA (Educação de Jovens e Adultos) da EMEFM Vereador Ângelo Corassa Filho.

“Nunca é tarde para aprender. Meus filhos já são estudados e agora é minha vez. É um diploma muito especial para mim nessa noite!”, afirmou Idelma, aplaudida em pé pelo público.

CÂMARA JOVEM

Os vereadores jovens foram eleitos em abril, em dez escolas municipais, estaduais e privadas. São 15 titulares e 15 suplentes, que até dezembro vão participar de oficinas, visitar órgãos públicos, apresentar propostas para a cidade e votá-las em sessões.

Essa é a quarta edição do projeto, criado em 2017 pelo vereador Fabio Valadão (PL). Na legislatura de 2023, a Mesa Diretora será formada por: Joanna Silva Brito (Presidente), João Gabriel Pechnicki da Rosa (Vice-presidente), Ana Paula Alves (1ª Secretária) e Arthur Lourenço Suprano (2º Secretário).

Participam da iniciativa as escolas EMEFM Maestro Marcelino Pietrobom; EMEFM Vitor Szczepanski e Souza Silva; EE Doutor Francisco de Araújo Mascarenhas; EE Padre José Narciso Vieira Ehrenberg; EE Núcleo Habitacional José Paulino Nogueira; e EMEF Professor Domingos de Araújo.

Também fazem parte os colégios Adventista de Paulínia; Anglo Paulínia; COC Paulínia e Pitágoras.

Comments


bottom of page