Jovem de 21 anos é espancado e tem o corpo ateado fogo em Sumaré

Mesmo ferido, a vítima chegou a pedir socorro, mas ninguém o ajudou

Uma discussão em um bar, nas imediações do Assentamento 2, no bairro Três Pontes, em Sumaré, terminou no assassinato de um jovem de 21 anos.

O rapaz foi agredido por um grupo de pessoas e arrastado até uma área verde, onde teve parte do corpo queimada dentro de dois pneus. Segundo o boletim de ocorrência, mesmo ferido, a vítima chegou a pedir socorro, mas ninguém o ajudou. De acordo com o boletim de ocorrência, o jovem saiu de casa de madrugada para ingerir bebidas alcoólicas em um bar, quando teria sido agredido.

Alguns moradores, que pediram anonimato, informaram que, possivelmente, a vítima foi atacada pelos agressores perto do bar, devido à grande quantidade de sangue a aproximadamente 100 metros do local.

A polícia informou que, mesmo ferida, a vítima caminhou até um grupo de pessoas que estavam na frente de uma casa tomando cervejas para pedir ajuda, mas a responsável pela casa teria se recolhido junto com os conhecidos e não prestou nenhum tipo de auxílio. Os PMs que estiveram no local constataram que o rapaz, naquele momento, perdia muito sangue e caiu no chão várias vezes, pois notaram poças de sangue em vários locais. O corpo do jovem foi localizado a cerca de 50 metros do local, em uma área verde. Os assassinos colocaram dois pneus no corpo da vítima e atearam fogo. Algumas testemunhas informaram à polícia que a vítima se envolvia em vários problemas no bairro. O boletim de ocorrência foi registrado como homicídio, no Plantão Policial de Sumaré, mas, por enquanto, a polícia ainda não tem pistas sobre os autores. As informações são do jornal Tribuna Liberal.