Fase de Transição do Plano São Paulo foi prorrogada até o dia 31 de maio

Para evitar aglomerações, a capacidade máxima de ocupação nos estabelecimentos liberados será limitada em 40% a partir do dia 24


A Fase de Transição do Plano São Paulo foi prorrogada até o dia 31 de maio, com estabelecimentos comerciais, galerias e shoppings podendo funcionar das 6h às 21h. O mesmo expediente será seguido por serviços como restaurantes e similares, salões de beleza, barbearias, academias, clubes e espaços culturais como cinemas, teatros e museus.

Para evitar aglomerações, a capacidade máxima de ocupação nos estabelecimentos liberados será limitada em 40% a partir do dia 24. Já no dia 1º de junho, a capacidade máxima passa a ser de 60%.

Continuam liberadas as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos, desde que seguidos rigorosamente todos os protocolos de higiene e distanciamento social. O toque de restrição segue em vigência, das 21h às 5h.

O Decreto Municipal 8035/2021 está publicado no Diário Oficial 1837, de mesma data.