top of page

Espanha vence Inglaterra e conquista título inédito da Copa do Mundo

Seleção ibérica contou com gol de Olga Carmona para vencer por 1 a 0


A Copa do Mundo de futebol feminino tem uma nova campeã. A Espanha derrotou a Inglaterra na final por 1 a 0, na manhã de domingo (20) no Estádio Austrália, em Sidney.

Com o título deste domingo, a seleção espanhola entrou para o seleto grupo de campeãs mundiais no futebol feminino, encabeçado pelos Estados Unidos (quatro títulos) e que ainda tem Alemanha (dois), Japão e Noruega (um cada). Além disso, a Espanha se igualou aos germânicos, únicos, até então, a levantarem a taça da Copa do Mundo entre homens e mulheres.

A lateral-esquerda Olga Carmona, autora do gol, soube logo após a final contra a Inglaterra, da morte de seu pai.

"Enviamos nossos mais sinceros abraços a Olga e sua família em um momento de profunda dor. Nós te amamos, Olga, você é história do futebol espanhol", escreveu a organização em comunicado publicado no X (antigo Twitter).


Polêmica

Uma cena chamou atenção durante a premiação na final da Copa do Mundo feminina. A meia Jenni Hermoso, titular da Espanha, recebeu um beijo na boca do presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Luis Rubiales.


No dia seguinte ao título, o dirigente emitiu um pedido de desculpas:

“Certamente me equivoquei, tenho que admitir. Foi sem má fé em um momento de máxima efusividade. Aqui (na Espanha) vimos isso de forma natural, mas lá fora (do país) se formou uma comoção. Tenho que me desculpar, aprender com isso e entender que, quando se é presidente, tem que ter mais cuidado”, declarou Rubiales em vídeo divulgado.


Comments


bottom of page