Equipe da Secretaria do Meio Ambiente se reúne para alterações no Programa Municipal de Castração

As medidas entram em vigor a partir do mutirão de junho


Na noite de quarta-feira (12) a equipe técnica da Secretaria do Meio Ambiente se reuniu com 17 representantes das entidades que atuam com a causa animal.

A veterinária, Wanessa Batista, apresentou alterações que serão feitas nas próximas etapas do Programa Municipal de Castração, entre elas, a não exigência do comprovante de renda e a padronização das regras pré-operatórias. As medidas entram em vigor a partir do mutirão de junho.

O Meio Ambiente também deu início ao recadastramento das protetoras independentes e das ONG's (Organização Não Governamental) existentes no município.

O secretário da pasta, Leonardo Viu, acompanhou a reunião realizada na Sala de Imprensa do Paço Municipal, respeitando o distanciamento social, com álcool em gel disponível para todos e uso obrigatório de máscara.