Empresas responsáveis pelo transporte escolar e universitário em Paulínia tem contratos interrompido

A decisão ocorreu após uma sindicância interna apurar a denúncia feita por uma advogada

Conforme publicado no Diário Oficial 1664 da última terça-feira (20), as empresas S.T.P Mobilidade e Smile Transportes, que até essa semana eram responsáveis pelo transporte escolar e universitário, respectivamente, tiveram seus contratos interrompidos pela Prefeitura de Paulínia.

A decisão ocorreu após uma sindicância interna apurar a denúncia feita pela advogada Drª Alexsandra Berto Brandão, que denunciou ambas as empresas por prática de formação de cartel, superfaturamento e uso de documentos falsos.

As empresas citadas foram notificadas do processo, tiveram os pagamentos suspensos e não conseguiram comprovar que a denúncia era improcedente.

Diante dos fatos, a comissão de sindicância, analisando os documentos apresentados pela denunciante e nos processos de pagamentos arquivados na prefeitura, em seu parecer final apontou a necessidade de rompimento imediato dos contratos diante dos fatos e a aplicação das penalidades cabíveis.

A Prefeitura de Paulínia irá agir judicialmente para pedir o ressarcimento financeiro dos prejuízos causados pelas empresas e aplicar as demais medidas legais necessárias.