Du Cazelatto formaliza intenção de integrar consórcio para compra de vacina contra Covid-19

O primeiro passo para instalação do consórcio ocorreu na segunda-feira (1) durante reunião virtual com a presença de mais 300 prefeitos

O prefeito, Du Cazellato, na terça-feira (2) formalizou a intenção de Paulínia integrar o consórcio público, idealizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), para a aquisição de vacinas contra Covid-19.

O primeiro passo para a instalação do consórcio ocorreu na segunda-feira (1) durante reunião virtual com a presença de mais 300 prefeitos, entre eles o chefe do Executivo paulinense.

“Estamos empenhados em buscar todas as alternativas cabíveis para que toda a população de Paulínia seja vacinada o mais rápido possível.”, comentou o prefeito, Du Cazellato.

O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou municípios a comprarem vacina, mediante ao não cumprimento do Plano Nacional de Imunização de responsabilidade do Governo Federal, ou de insuficiência de doses previstas para imunizar a população. A liberação cabe nos casos em que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não conceda autorização em até 72 horas para o uso de imunizantes aprovados por agências reguladoras de outros países.

Ainda durante a tarde de segunda-feira, Cazellato, também esteve reunido com os prefeitos que integram o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas, discutindo medidas de combate a propagação do novo coronavírus.