top of page

Com lei sancionada, Paulínia deve investir em mecanismos para controlar enchentes

Projeto foi ideia do Vereador Pedro Bernarde e aprovada pelo Prefeito Du Cazellato



A partir de agora, Paulínia deve adotar mecanismo de gestão das águas pluviais, para controlar enchentes e alagamentos. A nova lei municipal foi sancionada pelo Prefeito Du Cazellato, no dia 16 de fevereiro.


O texto aplica o conceito de “Cidade Esponja”: esse termo na prática busca absorver, capturar, armazenar, limpar e reutilizar a água como alternativa sustentável de redução de danos.


Assim, o município deverá investir em pavimentos permeáveis, jardins de chuva, valas de infiltração ou bueiros ecológicos. Basicamente, todos são mecanismos para permitir melhor escoamento da água.


A proposta, aprovada na 1ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, foi ideia do Vereador Pedro Bernarde (Cidadania).

コメント


bottom of page