Câmara aprova proposta para trocar documentos em papel por sistema eletrônico

As votações ocorreram sem público, cumprindo regra estadual para evitar a disseminação da Covid-19

Os vereadores de Paulínia aprovaram na terça-feira (2), na 1ª Sessão Ordinária de 2021, proposta para instituir o programa “Câmara Verde”. O texto foi analisado em primeira discussão (legalidade) e, caso passe por uma segunda votação, o Legislativo poderá substituir arquivos em papel por um processo digital ao produzir, tramitar e gerir documentos.

A ideia é também acabar com copos descartáveis; monitorar dados de consumo de água; promover campanhas para economizar energia elétrica; fazer coleta seletiva de resíduos e criar regras sustentáveis em licitações, entre outras medidas. O Projeto de Resolução 1/2021 foi apresentado pelo vereador Zé Coco (PSB).

Outra proposta discutida na sessão permite que estagiários atuem na Câmara Municipal, inclusive sem remuneração, uma oportunidade para o Legislativo orientar estudantes e ainda agilizar atividades administrativas. Também foi aprovado o título de Cidadão Paulinense a Manoel Jacinto Dias, conhecido como Surdo. Nascido em Pernambuco, ele vive no município desde 1965, onde montou time de futebol e atraiu muitos jovens esportistas. “Temos que valorizar cidadãos que fizeram história na nossa cidade”, diz o vereador Cícero Brito (MDB), autor da homenagem.

Os parlamentares decidiram ainda manter vetos do prefeito a dois projetos de lei que haviam sido aprovados em 2020: um deles proíbe alimentar pombos (veto parcial, retirando uma parte do texto) e outro buscava obrigar cursos de reciclagem a motoristas de transporte coletivo (veto total, o que significa que a proposta não vai virar lei).

NOVA TEMPORADA

A sessão marcou o início dos trabalhos legislativos deste ano, com a chegada de 8 novos vereadores, além de 7 reeleitos. Todos discursaram e resumiram suas primeiras propostas para a cidade.

Foram apresentadas 72 Indicações (sugestões de melhorias) e votados 29 Requerimentos (cobranças de medidas ou informações), além de 4 Moções: congratulações aos 40 anos do Corpo de Bombeiros na cidade (vereador Gibi Professor – PTB); homenagem aos 40 anos da Guarda Municipal (vereador Cícero Brito – MDB); repúdio a pessoas que “furaram a fila” da vacinação contra a Covid-19 (vereador Helder Pereira – PL).

O presidente da Câmara, Fábio Valadão (PL), ainda agradeceu a responsável pela UBS do João Aranha, Joana Freitas, pela capacitação de funcionários da Câmara envolvendo cuidados contra o coronavírus.

ENTREVISTAS AO VIVO

As votações ocorreram sem público, cumprindo regra estadual para evitar a disseminação da Covid-19, mas foram transmitidas ao vivo no site e nas redes sociais da Câmara. Uma das principais novidades foi a exibição de entrevistas com vereadores antes e no final da sessão.

A partir desta terça, a jornalista Graziela Fávaro passa a conversar com parlamentares e resumir os principais assuntos da pauta, traduzindo termos técnicos e jurídicos. O presidente Fábio Valadão e os vereadores Gibi Professor, Cícero Brito e Fábio da Van foram os primeiros entrevistados. A iniciativa faz parte de melhorias na área de Comunicação da Casa, que incluem novos equipamentos (como câmeras robóticas), produção de vídeos e legendas durante as transmissões, para ampliar a acessibilidade.

© 2020 Jornal de Paulínia