Atual Administração de Paulínia alcança a maior aprovação da história, segundo INDSAT

Gestão de Du Cazellato manteve a evolução nos números e alcançou em junho deste ano o Alto Grau de Satisfação


Integrante das cidades contempladas pelas pesquisas da INDSAT desde 2016, Paulínia, considerada Cidade de Médio Porte (CMP) alcançou um novo marco em outubro de 2021: a Administração Pública da cidade recebeu 675 pontos, manteve-se com o Alto Grau de Satisfação e se posicionou acima da média das CMPs, que está em 659 pontos.

As notas obtidas por Paulínia vêm aumentando desde o quarto trimestre de 2019, logo após o atual prefeito Du Cazellato (PL) ter assumido o comando da Prefeitura de Paulínia em outubro do mesmo. Na época, a cidade registrava 423 pontos no ranking do INDSAT. Nos primeiros três meses de seu governo, a avaliação administrativa havia saltado para 520 pontos e manteve-se em evolução até fechar o ano de 2020 com 636 pontos.

Reeleito prefeito em novembro de 2020, Du Cazellato manteve a evolução nos números e alcançou em junho deste ano o Alto Grau de Satisfação, com 650 pontos. Desde o quarto trimestre de 2019, os números vêm crescendo, até se consolidarem em outubro com 675 pontos.

Procurado pela reportagem da INDSAT, o prefeito relatou que apesar do pouco tempo em que está no comando da Prefeitura de Paulínia, tem conseguido resultados importantes em sua Administração:

"É um orgulho para mim, saber que a população tem aprovado o trabalho executado na minha gestão. Em pouco tempo, estamos conseguindo colocar a casa em ordem e tirar do papel projetos importantes para a nossa cidade. Sei que temos muito trabalho pela frente, mas com fé e muita dedicação, faremos muito mais por Paulínia", declarou o prefeito.

Na avaliação geral, a Administração de Paulínia registrou 49,6% de aprovação (8,5% de ótimo e 41,4% de bom), maior taxa observada desde novembro de 2020 (47,1%) e março e junho deste ano (41,8% e 48,1%, respectivamente). A rejeição também apresentou melhoras em relação aos meses anteriores, somando 14,2% de ótimo e bom em outubro; em novembro, as avaliações negativas atingiram 22,1%, caindo para 18,2% em março e registrando mais uma queda em junho, com 17,9%.

Além da melhora em relação às demais cidades do agrupamento, o governo municipal de Paulínia também se classificou acima dos governos estadual (508 pontos e Grau Médio de Satisfação) e federal (485 pontos e Baixo Grau de Satisfação).

Os dados, obtidos na primeira semana de outubro através de pesquisas com 400 paulinenses maiores de 16 anos, consideram margem de erro de 4,8% e intervalo de confiança de 95%.