Três homens fazem motorista refém e roubam caminhão-tanque em Paulínia

A carreta estava carregada com 50 mil litros de combustível, mas o objetivo dos criminosos era a cabine

Na noite de quarta-feira (23), suspeitos roubaram um caminhão-tanque e fizeram o motorista refém em Paulínia. De acordo com informações da Polícia Militar divulgadas pelo G1, a carreta estava carregada com 50 mil litros de combustível, mas o objetivo dos criminosos era a cabine do veículo, avaliada em R$ 600 mil. Houve perseguição por rodovias da região e os assaltantes conseguiram fugir.

Ainda segundo a polícia, pelo menos três homens, um deles armado, abordaram o motorista em um posto de combustíveis no município. No momento, o condutor falava com a central de rastreamento do caminhão e a atendente ouviu uma parte da ação. Antes de fugir, os suspeitos abandonaram o tanque que a carreta carregava a poucos metros do local.

O grupo iniciou a fuga pela Rodovia D. Pedro I (SP-065), onde foi localizado pelos policiais. A corporação tentou fazer com que os criminosos parassem, mas não conseguiram. Eles entraram então na Rodovia Governador Adhemar Pereira de Barros (SP-340) e chegaram a uma área de mata. O caminhão arrebentou uma cerca e caiu em um córrego.

Após o acidente, os suspeitos fugiram e abandonaram o motorista dentro da cabine.

"Eles desembarcaram, a gente desceu pra abordar, mas no interior do caminhão só tinha o motorista. Ele já estava bastante machucado, assustado e os assaltantes a gente não conseguiu localizar", afirmou ao G1 o tenente da Polícia Militar Rodrigo Sahd.

A carreta, o tanque e o motorista foram levados para o 1º Distrito Policial de Campinas. O caso foi registrado como roubo e sequestro.