Em convenção realizada dia 9, sete partidos declaram apoio a pré-candidatura de Du Cazellato e Sarge

PL, PSL, Podemos, Solidariedade, PSB, Progressistas e Cidadania, de Tuta Bosco, já realizaram suas convenções e, nos próximos dias mais três partidos se juntarão à coligação, totalizando 10


O prefeito Du Cazellato (PL) anunciou na noite de quarta-feira (9) sua pré-candidatura à reeleição e declarou continuidade de Sargento Camargo (PSL) como vice-prefeito. Eles oficializaram os registros durante convenção dos partidos da coligação Amor por Paulínia.

“Mais uma vez estivemos reunidos para definir o rumo da nossa querida Paulínia. Temos a certeza de que há um caminho do bem a ser seguido e que nossa cidade merece ser tratada com respeito e dignidade”, disse Cazellato por meio de suas redes sociais. Durante a convenção, o PL aprovou 22 pré-candidatos a vereador. Também realizaram convenção os partidos PSL, Podemos, Solidariedade, Cidadania, PSB, Progressistas. Junto ao PL, eles formam a Coligação Amor por Paulínia. Tuta Bosco, presidente do Cidadania, também declarou apoio à candidatura de Du e Sargento. “Estamos empenhados em continuar um projeto para reconstruir Paulínia, sem corrupção e sem escândalo, apenas com trabalho e amor pela nossa cidade. Há 11 meses no governo, nunca fomos manchete negativa de jornal, envolvendo crimes como corrupção. Respeitamos o bem público e, principalmente, respeitamos a população”, disse o prefeito e pré-candidato, Du Cazellato. No sábado (12) será a vez do PROS declarar apoio a reeleição de Cazellato. Avante e PSDB, ambos com novos dirigentes também se juntarão a Coligação Amor por Paulínia nos próximos dias.


Eleições de 2019

Em 1º de setembro do ano passado, a dupla Du Cazellato e Sargento Camargo, venceu a primeira Eleição Suplementar do município, com 13.119 votos. Cazellato foi vereador de 1º de janeiro de 2013 até um dia antes de assumir a Chefia do Poder Executivo Municipal, em 4 de outubro passado. Ele também presidiu o Poder Legislativo de 2017 a 2018. Sargento aposentado da Polícia Militar de São Paulo, Camargo disputou para vereador em 2016, recebeu 683 votos, e ficou como primeiro suplente da coligação proporcional PDT/PR.

© 2020 Jornal de Paulínia