Homem é preso suspeito de estuprar por pelo menos dois anos a própria enteada

A suspeita de abuso foi levantada quando a menina de 8 anos passou a se recusar a tomar banho, dizendo que as partes íntimas ardiam durante a limpeza



Na manhã de terça-feira (11), um homem foi preso acusado de abusar da enteada menor de idade há pelo menos dois anos, em Holambra. A esposa do homem e mãe da criança também é suspeita de acobertar o caso. A menina, de 8 anos, foi levada pela tia até a Delegacia de Jaguariúna na noite de segunda-feira (10) para denunciar o caso. O homem suspeito chegou a ser ouvido no Plantão Policial, mas foi liberado em seguida.

Segundo a tia, a suspeita de abuso foi levantada quando a criança passou a se recusar a tomar banho, dizendo que as partes íntimas ardiam durante a limpeza. A tia então começou a questioná-la e ela confessou que o padrasto fazia "coisas feias" com ela.

O Conselho Tutelar de Holambra foi então acionado pela tia da criança e uma denúncia foi feita na delegacia. A tia conta ainda que os abusos teriam iniciado há cerca de dois anos, seis meses depois de o homem começar a se relacionar com a mãe da criança.

POLÍCIA

O homem foi convocado e ouvido na Delegacia de Jaguariúna na noite de segunda-feira (10) e liberado em seguida, mas Polícia Municipal de Holambra passou a aguardá-lo com um mandado de prisão em frente à casa do homem e seguiu no local até pouco antes das 12h de terça-feira (11), quando ele foi preso.

Ainda de acordo com informações da polícia, a mãe da menina também é acusada de acobertar a situação. O caso segue em investigação. Com informações do portal ACidadeOn.