Hoje iremos falar sobre 5 doenças comuns em cachorros


Parvovirose A parvovirose é uma das doenças mais comuns em cachorro. Por isso, é importante tomar bastante cuidado, já que esse problema é causado por um vírus e é extremamente contagioso. Entre os sintomas de parvovirose estão vômitos e diarreias, ambos podendo levar a um quadro sério de desidratação. Sendo assim, é uma doença de cachorro filhote muito perigosa, já que esses pets ainda possuem imunidade frágil. Em alguns casos, o vírus pode atacar o coração e causar miocardite, o que pode levar à morte. Apesar da parvovirose ser motivo de preocupação para muitos tutores, não há razão para medo. Isso porque a vacina para cachorro polivalente — a primeira a ser dada nos pets — já protege contra a parvovirose. Câncer Um dos problemas mais comuns em humanos também atinge os pets. Tecnicamente, o câncer recebe o nome de neoplasia e pode aparecer em diversas formas e em vários órgãos. Os mais comuns são os de pele, mama, intestino e fígado. Apesar de ser um problema grave, o tratamento para o câncer em cachorro vem se desenvolvendo, e hoje há alternativas para curar ou melhorar a vida do pet. Sendo assim, o diagnóstico precoce é essencial para aumentar as chances de cura. Como é difícil identificar os sinais da neoplasia, o recomendado é fazer visitas regulares ao veterinário, que poderá diagnosticar essa doença de cachorro e começar a terapia adequada. Alergias alimentares As alergias alimentares também estão entre as doenças comuns em cachorro. Elas ocorrem quando o animal é alérgico a um ou mais componentes da ração ou quando ele acidentalmente ingere um alimento perigoso para cães, como uvas ou chocolate. As alergias alimentares podem se manifestar no pet de diversas formas. Por isso, é necessário prestar atenção em sintomas como problemas de pele, vômitos, diarreias, apatia, fraqueza e até irritação nos olhos, pois podem ser sinais de alergia alimentar. Para acabar com o problema, muitas vezes, basta fazer uma troca de alimentação. No entanto, é recomendado levar o amigo de quatro patas ao veterinário. Assim, o profissional faz o diagnóstico e identifica a verdadeira causa da alergia. Obesidade Todos sabem que a obesidade é um dos grandes males do nosso século. Mas você sabia que esse problema também atinge nossos amigos peludos? Estudos indicam que hoje a obesidade acomete até 30% dos cães domésticos! E apesar de um cachorro gordinho ser muito fofo, muitos quilinhos a mais podem causar sérias complicações de saúde aos pets. Alguns exemplos são problemas na pele, diabetes, artrite e doenças do coração. Controlar a obesidade não tem segredo: alimentação balanceada e exercícios. Apesar de parecer simples, é um trabalho diário que pode durar alguns meses. Mas o cãozinho com certeza vai agradecer o cuidado! Otite Incômoda e desagradável, a otite canina é uma das doenças comuns em cachorros. A infecção de ouvido pode ter diferentes causas e graus de gravidade. As otites mais profundas são as internas, as intermediárias são chamadas médias, e as mais superficiais são conhecidas como otites externas. São as externas que geram vermelhidão, coceira e aumento da secreção do ouvido. As médias e internas podem provocar dor e incoordenação. Elas podem ser causadas por bactérias, vírus ou ácaros. A boa notícia é que a grande maioria das otites são problemas simples e fáceis de tratar. Então, caso o pet esteja apresentando alguns desses sintomas, procure um veterinário para o diagnóstico e tratamento corretos.