A inserção do jovem na sociedade, por Dr. Roberto Daher

 

 

Em um dos artigos anteriores fiz menção ao fato de que, para mudarmos o estado das coisas, não basta mudança de nomes, mas, sim, de comportamentos.

Infelizmente as mudanças de comportamentos nem sempre alcançam o resultado esperado em curto prazo, já que a cultura estabelecida requer tempo para ser modificada. Somente com comportamentos repetitivos é que a cultura se modifica.

Um exemplo simplista, para que possamos melhor entender: Se você tem um filho e permite que ele acorde todo dias às 11 horas, não é o acordando duas ou três vezes às 7 que ele passará a acordar este horário quando você não o despertar. Do mesmo modo, se você o acorda um dia às 11 e outro dia às 7, ele tenderá a acordar sozinho às 11, horário com o qual ele já se acostumara.

Deste modo, se você não modificarmos nosso comportamento em relação à qualquer estado de coisa já concretamente estabelecida, ela tenderá a permanecer como está. Já havia dito isso em relação à política e à necessidade de engajamento dos jovens.

Algumas críticas me foram feitas, principalmente em relação ao nível de comprometimento dos jovens, que algumas pessoas entendem estar totalmente alheios à política e à vida cotidiana.

Pois bem, inicialmente, tenho verdadeira ojeriza pela generalização. Alguns jovens são assim? Certamente sim. Todos? Óbvio que não! Eu mesmo citei alguns alunos meus que estarão concorrendo na próxima eleição ou apoiando candidatos nos quais acreditam.

Da mesma forma, preocupa-me que algumas pessoas insistam em dizer que não votarão em ninguém na próxima eleição, pois não acreditam em nenhum candidato.

Ora, muitos deles nunca tiveram a oportunidade de desenvolver um trabalho junto aos Poderes Legislativo e Executivo Municipal e nada mais justo que se lhes dê a oportunidade para isso.

Obviamente que precede à sua escolha uma análise criteriosa sobre sua capacidade de ser um bom Vereador, um bom Prefeito. Não basta ser um bom sujeito, mas, sim, deve ser uma pessoa preparada.

Mas, voltando ao assunto principal, o fato do jovem ser eventualmente alheio à vida e, até, à realidade que vivemos, deve-se principalmente à omissão dos adultos. Nós os deixamos confortáveis nessa situação.

Por isso defendo que cabe aos pais e bancos escolares, especialmente do ensino superior e prioritariamente ao Poder Público, engajar o jovem na política e na vida em sociedade.

E isso não é tão difícil quanto parece. Uma das formas mais simples e retirá-los das ruas. E, para isso, além de boa vontade, novas ideias e novos rumos.

Até algum tempo atrás, os jovens permaneciam com atividades durante todo o dia. Estudava em um período e no outro se dedicava, com o incentivo público, a praticas esportes e desenvolver atividades artísticas.

Matava-se, utilizando de expressão popular, dois coelhos com uma só cajadada: o jovem saía das ruas, onde fica muito mais acessível às más companhia, entregando-se a vícios e más condutas, afastando-se, portanto, da possibilidade maior de ser cooptado pela criminalidade e, de outro lado, possibilita a descoberta de talentos dos esportes e da arte em nosso município, a serem incentivados e desenvolvidos.

Outra possibilidade seria utilizarmos de recursos já existentes, como, a título de exemplo, o Programa Jovem Aprendiz, que, por conta da omissão das empresas e também do Poder Público, infelizmente não tem o resultado aguardado.

Fui gentil e honrosamente convidado para conhecer uma instituição sem fins lucrativos de nossa cidade, voltada para a seleção e preparo dos jovens aprendizes, o Centro de Integração Social e Aprendizagem - CISA, onde fui muito bem recebido pela sua responsável, Aline Muraoka, que me municiou de informações preciosas, algumas delas estarrecedoras.

Um exemplo: algumas tantas empresas estabelecidas em Paulínia preferem pagar a multa prevista em Lei para o descumprimento do programa do que contratar jovens aprendizes, pois o custo é menor. Ou seja, compromisso social, zero.

Não seria o caso do Poder Público Municipal cortar benefícios fiscais porventura dados a estas empresas, de modo a obrigá-las não só a cumprir a Lei, mas a demonstrar na prática seu envolvimento com a comunidade local?

Ou, então, caso se tenha o temor de que a empresa deixe nossa cidade por conta dos cortes dos subsídios – lembrando-se que o compromisso com nossa cidade é inexistente – que tal incentivá-las através de reconhecimento público? Aliás, meus amigos leitores, existe Lei Municipal que estabelece esta possibilidade, mas não é aplicada. Trata-se da Lei nº 3.101, de 2010, que possibilita a concessão do selo de responsabilidade social às empresas que contratam jovens aprendizes.

Aliás, a própria Prefeitura Municipal não está dentre estas, pois que o convênio que havia entre o poder Público Municipal e a instituição não se viu renovado após o seu término!

Outra informação que me deixou extremamente preocupado. Nenhum representante dos Poderes Legislativo e Executivo do Município visitou a instituição até aqui, seja para conhecer o trabalho ali desenvolvido, os problemas encontrados e, a partir daí, buscar soluções a eles.

E vejam só a importância do programa do ponto de vista social e para o futuro, não só dos jovens usuários, mas de toda a cidade, como acima expus.

Acredito que todo agente público deve buscar soluções para os problemas da cidade e certamente isso passa necessariamente pela valorização dos jovens e sua inserção e comprometimento na sociedade. Cobremos isso dos novos agentes que estão por vir!     

Compartilhar no Facebook
Gostei
Please reload

31 Jul 2020

No último boletim divulgado pela Prefeitura, o município chegou a 1984 casos confirmados

Na tarde de quinta-feira (30), a Prefeitura de Paulínia confirmou a morte do segundo idoso do Centro de Geriatria provocada pelo novo coronavírus. A vítima é um senhor de 84 anos, com histórico de pneumopatia, que estava internado no Hospital Municipal (HMP) e morreu na quarta (29). A primeira morte de um residente do local aconteceu no dia 18, a vítima tinha 91 anos estava em tratamento na própria unidade, o...

31 Jul 2020

Prefeito assinou contrato com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), para realização do programa que beneficiará até 1.000 estudantes

Na manhã da última sexta-feira (24) o prefeito Du Cazellato assinou contrato com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), para realização do “Programa de Estágio” da Prefeitura de Paulínia.

No total, até 1.000 estudantes poderão ser contratados, com 100 vagas sendo destinadas para alunos com deficiência. O objetivo é que os futuros estagiários sejam dist...

31 Jul 2020

No acumulado do ano, a redução do preço é de 13,8%

A partir desta sexta-feira (31), a Petrobras anunciou que a gasolina terá uma redução de 4% nas distribuidoras. De acordo com a companhia, “com a redução de 4% (ou R$ -0,07 por litro), o preço médio da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passou a ser de R$ 1,65 por litro". No acumulado do ano, a redução do preço é de 13,8%.

A companhia informou também que o preço do diesel (S10 e S500) não sofrerá alteração no preço nas distribuidoras.  O...

31 Jul 2020

Serão contratados técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos plantonistas com formação em clínica geral

O resultado final do processo seletivo emergencial para saúde foi homologado pela Prefeitura de Paulínia na quarta-feira (29).

A relação final dos aprovados foi publicada na edição extra 1519 do Semanário Oficial. Os candidatos selecionados terão cinco dias para apresentarem os documentos e realizarem o exame admissional.

A Secretaria de Saúde poderá contratar até 85 profissionais, para atuare...

31 Jul 2020

As regras valem para o período da pandemia no país e não incluem medicamentos de uso controlado, como tarja preta e antibióticos

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o Projeto de Lei 848/2020, que determina que receitas médicas ou odontológicas sujeitas a prescrição e de uso contínuo tenham prazo de validade indeterminado. O projeto foi originário da Câmara dos Deputados e foi aprovado no Senado no início de julho. A sanção foi publicada no Diário Oficial da União de amanhã (28).

As regras v...

31 Jul 2020

Também conforme a legislação, empresas de transporte público também deverão ofertar assentos prioritários

Já em vigor em Paulínia a Lei 3.771/2020, que obriga atendimento preferencial em filas para pessoas que realizam tratamento de quimioterapia, radioterapia, hemodiálise, ileostomia, urostomia, gastrostomia, traqueostomia ou utilizem bolsa de colostomia em estabelecimentos bancários e comerciais na cidade.

Também conforme a legislação, sancionada pelo prefeito Du Cazellato em 8 de julho de 2020,...

31 Jul 2020

Parvovirose
A parvovirose é uma das doenças mais comuns em cachorro. Por isso, é importante tomar bastante cuidado, já que esse problema é causado por um vírus e é extremamente contagioso. 
Entre os sintomas de parvovirose estão vômitos e diarreias, ambos podendo levar a um quadro sério de desidratação. Sendo assim, é uma doença de cachorro filhote muito perigosa, já que esses pets ainda possuem imunidade frágil.
Em alguns casos, o vírus pode atacar o coração e causar miocardite, o que pode leva...

31 Jul 2020

Após a surpresa da confirmação de sua participação, Sara concentrou estudos nas receitas para o programa

A cosmopolense, publicitária e atual gerente de Marketing do Shopping Piracicaba, Sara Monique Elydio, é uma das participantes do talent show Masterchef Brasil 2020 – Versão Amadores/7ª temporada, transmitido pela Band. O programa estreou no último dia 14 de julho e conta com oito participantes neste novo formato adaptado de acordo com as orientações de segurança da OMS (Organização Mundial da...

31 Jul 2020

Neste ano a ação será ‘em casa’ e tem por objetivo auxiliar a Hospitalhaços a enfrentar o momento de pandemia

Com o sucesso da primeira edição, o departamento de eventos da ONG Hospitalhaços quer agora alcançar voos mais altos. O cenário nacional propõe criatividade e novos desafios a serem enfrentados com coragem e determinação. Por isso, a meta agora é alcançar a marca de 500 feijoadas vendidas e entregues com muito carinho e sabor. O resultado dessa ação tem por objetivo auxiliar a Hospitalhaç...

31 Jul 2020

Com a proximidade das eleições, entendo necessário alguns esclarecimentos aos eleitores, a fim de que estes não sejam levados a erro por candidatos mal intencionados ou até mesmo ignorantes (no sentido de sequer saberem o papel desempenhado pelo cargo a que pretendem concorrer, o que infelizmente ocorre muitas vezes). 

Em todos os municípios temos dois Poderes distintos: o Executivo e o Legislativo, cada qual com suas atribuições. O Poder Judiciário, que julga os atos da sociedade em geral, só ex...

Please reload

© 2018 Jornal de Paulínia