Medidor de energia elétrica de uma igreja era usado para esconder drogas e dinheiro do tráfico

O suspeito entregava as drogas para quem passava pelo local, se dirigia até o medidor, pegava algo e voltava a se sentar em um banco


O medidor de energia elétrica de uma igreja em Sumaré era usado para esconder drogas e dinheiro do tráfico. Um dos envolvidos na venda de entorpecentes foi preso na tarde de quarta-feira (9) pela Policia Militar. Segundo o portal O’Liberal, a corporação foi acionada após denúncia anônima. Um dos moradores do bairro Nova Veneza, informou que o suspeito entregava as drogas para quem passava pelo local, se dirigia até o medidor, pegava algo e voltava a se sentar em um banco do outro lado da via.

Os policiais foram até o local e encontraram o indivíduo. Com ele, havia sete porções de cocaína, duas de maconha e R$ 24. No muro da igreja, dentro do medidor, foi achado um estojo com R$ 185, além de 12 pedras de crack, duas porções de maconha e 132 de cocaína.

O suspeito foi levado até o 5º DP (Distrito Policial) de Sumaré, onde foi ouvido. O delegado responsável pelo caso determinou a prisão dele.

Segundo a PM, o preso já havia passado pelo sistema prisional pelos crimes de furto, roubo e tráfico de drogas.