Secretaria de Educação retira produtos da merenda após denuncia de mãe de aluno

Os produtos, mesmo estando dentro do prazo de validade, foram substituídos em todas as escolas


Na quinta-feira (5), uma publicação nas redes sociais viralizou em Paulínia. A mãe de um aluno da rede municipal publicou uma foto de um bolinho embolorado que havia sido servido ao seu filho na unidade escolar em que ele estuda.

“Então vamos lá mandamos nossos filhos para escola e quando chega a hora do recreio eles servem isso pra nossas crianças, bolinhos mofados. Até quando Paulínia vai continuar assim?!”, disse a mãe na publicação.

Segundo a Prefeitura, a Secretaria Municipal de Educação (SME) tomou ciência do problema, junto com a Soluções Serviços, empresa responsável pela merenda escolar. Juntos, tomaram todas as medidas cabíveis e retiraram os produtos das escolas, mesmo estando dentro de sua validade. A Secretaria de Educação orientou aos alunos que qualquer problema deve ser informado aos servidores municipais que atuam nas unidades escolares, para que os mesmos tomem as medidas cabíveis. De acordo com a Prefeitura, desde janeiro a SME e a Soluções estão realizando várias ações visando a melhora contínua da merenda oferecida, entre elas estão a realização de treinamentos com chefes junto aos funcionários responsáveis pelos preparos e encontros de nutricionistas com diretores e supervisores da rede. Ainda de acordo com a Prefeitura, o responsável pelo Departamento de Nutrição da Secretaria de Educação, fez contato com a mãe da criança e convidou a mesma para visitar a cozinha da unidade e acompanhar o trabalho dos cozinheiros.