Policial Militar embriagado tira a vida de recém-nascida em acidente de carro

A mãe da bebe de 9 dias foi ao veículo por causa dos barulhos dos fogos de artifício



A recém-nascida de apenas 9 dias que ficou gravemente ferida após o carro em que estava ter sido atingido por outro veículo conduzido por um policial militar embriagado, no Jardim Santa Filomena II, em Itatiba, não resistiu aos ferimentos e morreu na quarta-feira (1º).

De acordo com o boletim de ocorrência, a mãe da vítima informou que foi para frente da casa, localizada na Rua Angelina Zupardo Carneiro. Porém, por causa do barulho dos fogos de artifício, entrou no carro com a bebê e a outra filha de 3 anos.

Por volta da 1h, quando estava amamentando a filha recém-nascida, seu veículo foi atingido por outro. Na sequência, o motorista que causou a batida também colidiu em um segundo carro.

Uma equipe da PM foi acionada e constatou que o motorista, de 47 anos, era um policial militar e que estava com sinais de embriaguez. O homem era cabo e atuava no Corpo de Bombeiros em Campinas.

Ele foi levado para a delegacia, onde foi autuado por embriaguez ao volante com lesão corporal culposa qualificada. Em seguida, foi encaminhado ao Presídio Militar Romão Gomes, em São Paulo.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a mãe levou as filhas para a Santa Casa de Itatiba. A mais velha, de três anos, sofreu uma lesão na testa, enquanto Viviane teve uma grave lesão na cabeça e precisou passar por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos. Com informações do G1.