Vereadores mirins disputam “passa ou repassa” e ensaiam para a primeira sessão ordinária

O objetivo foi testar conhecimentos das oficinas promovidas desde junho


Como se chama a proposta legislativa que cobra informações ao prefeito? O que é necessário para se apresentar um projeto de lei de iniciativa popular? Essas foram algumas das perguntas do “Passa ou Repassa” da Câmara Jovem, promovido na quarta-feira (18) com cerca de 20 participantes do projeto.

A tradicional “torta na cara” foi substituída por chocolate para quem acertava as respostas. O diretor legislativo da Câmara de Paulínia, Rodrigo Quaiatti, assumiu o papel de apresentador, enquanto outros servidores da Casa auxiliaram como organizadores e juízes. O vereador Fábio Valadão (PRTB), autor da iniciativa, acompanhou a atividade.

O objetivo foi testar conhecimentos das oficinas promovidas desde junho com os 15 vereadores jovens, mais suplentes, de seis escolas da cidade. O grupo também acompanhou, em um ensaio prático, como funciona uma sessão legislativa. Na próxima quarta (25), a Câmara Jovem terá sua 1ª Sessão Ordinária.

A sessão será aberta ao público, a partir das 9h30, no Plenário da Câmara. Será uma oportunidade para os jovens vereadores discutirem e votarem 24 propostas apresentadas, envolvendo temas escolares, trânsito, lazer, transporte e serviços públicos, entre outros assuntos.


Projeto Seis instituições de ensino atuam como parceiras, sendo duas municipais, duas estaduais e duas particulares: EMEFM Maestro Marcelino Pietrobom, EMESFM Vitor Szczepanski e Souza Silva, E.E. Padre José Narciso Vieira Ehrenberg, E.E. Residencial São José, Colégio Integral e Colégio Metropolitan Paulinense. A primeira edição da Câmara Jovem foi concluída em dezembro de 2018, com 44 propostas apresentadas.