Eleição Suplementar: saiba o que pode e o que não pode e os locais de votação

Eleitores precisam respeitar algumas regras nos locais e no dia da votação


Os eleitores paulinenses irão às urnas neste domingo (1º) para escolher o novo prefeito de Paulínia. Pela Lei Eleitoral, os eleitores precisam respeitar algumas regras nos locais e no dia da votação.


Uso de bandeiras e camisetas do candidato

O eleitor pode demonstrar a preferência por um candidato, desde que seja de maneira individual e silenciosa. São permitidas bandeiras sem mastro, broches ou adesivos no local de votação e uso de camiseta. O eleitor poderá usar a camiseta com nome de seu candidato preferido, sem fazer propaganda eleitoral a favor dele. A camiseta não pode ser distribuída pelo candidato.


Cola eleitoral

O eleitor pode levar, em papel, os números dos candidatos anotados. A cola eleitoral é permitida e recomendada pela Justiça Eleitoral.


Uso de celular e tirar selfie

Eleitor não pode usar celular dentro da cabine de votação. Na cabine de votação, celulares, máquinas fotográficas, filmadoras ou outro dispositivo eletrônico não são permitidos. Os equipamentos podem corromper o sigilo do voto, ou seja, não pode tirar selfie na hora da votação ou tirar foto do voto. O eleitor que baixou o e-Título vai apresentá-lo ao mesário e depositará o celular em uma mesa enquanto estiver na cabine de votação. Ao final, o aparelho será devolvido pelo mesário.


Acompanhante

O eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida poderá contar com o auxílio de pessoa de sua confiança na hora de votar, mesmo que não tenha feito o pedido antecipadamente ao juiz eleitoral.


Alto-falante e carreatas

Uso de alto-falantes, caixas de som, comícios e carreatas são proibidos.


Boca de urna

Tentar convencer um eleitor a votar ou não em um candidato é proibido. A propaganda de boca de urna também não é permitida. São consideradas boca de urna, por exemplo, a distribuição de panfletos e santinhos de candidatos, a aglomeração de pessoas usando roupas uniformizadas ou manifestações nas proximidades das zonas eleitorais.


Bebida alcoólica

A legislação eleitoral proíbe a venda de bebida alcoólica das 6h até as 18h no dia da eleição. No entanto, cabe a juízes e a Secretaria de Segurança Pública decidir sobre a proibição da venda e do consumo na cidade.


Confira relação das unidades escolares municipais que serão utilizadas como locais de votação:

EMEI Alcides Barbutti

EMEI Angelino Pigatto

EMEI Dona Itela Soldera Ferro

EMEI Leonor Jacinto de Campos Pietrobom

EMESFM Vitor Szcepanski e Souza Silva

EMEF Prefeito José Lozano de Araújo

EMEF Oadil Pietrobom

EMEF Flora Aparecida Toledo Lima

EMEF Yolanda Tiziani Pazetti

EMEF Maria Aparecida Caputti Beraldo

EMEF Domingos de Araújo

CEMEP Osmar Passareli Silveira

EMEFM Vereador Angelo Corassa Filho

EMEF Sol Nascente

EMEFM Maestro Marcelino Petrobom

EM Nelson Alves Aranha Neto

EM Odete Emídio de Souza

ETEP - Escola Técnica de Paulínia


Para consultar a seção eleitoral acesse:

http://www.tse.jus.br/eleitor/titulo-e-local-de-votacao/consulta-por-nome

© 2020 Jornal de Paulínia