Paulínia e mais dois municípios da RMC tem casos suspeitos de sarampo

Na região sete cidades já confirmaram casos da doença

Um assunto que vem preocupando a todos é a volta do surto do sarampo, na RMC, três cidades confirmaram na terça-feira (30) ao portal G1, 21 novos casos suspeitos de sarampo. Em Paulínia, segundo a prefeitura, são 13 investigados. Hortolândia e Indaiatuba têm quatro notificações esperando resultados de exames cada uma.

Em relação ao número de casos da doença já confirmados na região são sete, sendo quatro em Campinas, dois em Indaiatuba e um em Hortolândia.

Paulínia tem 13 notificações

A prefeitura de Paulínia anunciou que tem 13 casos suspeitos de sarampo, sendo oito deles de moradores do município. Não há nenhum caso confirmado.

Hortolândia investiga 4

Em Hortolândia, a Secretaria de Saúde confirmou que tem quatro casos suspeitos da doença. Uma adolescente teve o caso confirmado na semana passada, mas passa bem. A Saúde fez bloqueio no bairro onde ela mora. É o primeiro caso confirmado da doença em uma década no município. A Organização Pan-Americana emitiu em 2016 o certificado de erradicação da doença no país.

Indaiatuba de 3 para 7

Segundo balanço epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Indaiatuba subiu de três para sete o número total de casos suspeitos de sarampo investigados no município.

Os bairros dos moradores com casos suspeitos não foram divulgados pela Prefeitura, mas segundo a administração, os casos que esperam resultados dos exames estão espalhados pela cidade, e não se concentram em uma região só.

Ainda segundo o balanço, o município segue com dois casos confirmados da doença, sendo um importado. Em relação às duas confirmações até agora, os pacientes são crianças e estavam com a vacina contra sarampo em dia. A vacina é eficaz, mas em casos raros o corpo pode não produzir o número de anticorpos suficientes.

Campinas aguarda um resultado

Campinas tem quatro casos confirmados de sarampo em uma creche da cidade, mas a Secretaria de Saúde informou que aguarda o resultado do exame de um bebê, que frequenta a mesma unidade escolar no DIC VI. Esta suspeita já havia sido anunciada.

Sintomas do sarampo

Manchas vermelhas (inicialmente no rosto e atrás da orelha, depois se espalha pelo corpo;)

Febre alta, acima de 38,5°C;

Dor de cabeça;

Tosse;

Coriza;

Conjuntivite;

Manchas brancas na mucosa bucal.

A transmissão se dá:

Por gotículas e aerossóis de saliva;

pela fala;

pela tosse;

por espirro.

© 2020 Jornal de Paulínia