Cão farejador auxiliar na apreensão de 49 kg de cocaína no Aeroporto de Viracopos

Somente neste ano, a Receita já apreendeu em Viracopos cerca de 190 kg de cocaína

Na terça-feira (16), agentes da Receita Federal, com a ajuda do faro do cão Black, apreenderam 49,5kg de cocaína no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. A droga avaliada em R$ 10 milhões pelo órgão estava em duas bolsas que seriam colocadas em uma aeronave com destino à Europa. Segundo informações obtidas pelo G1, uma pessoa foi presa.

De acordo com a Receita, a apreensão ocorreu em uma fiscalização de rotina durante carregamento do voo que seguiria para Lisboa, em Portugal. Com auxílio de Black, os fiscais localizaram duas bolsas suspeitas com um tratorista, que seguia para o carregamento do avião. Um teste confirmou que o material era cocaína.

"O tratorista foi preso em flagrante e encaminhado junto com a droga à Delegacia da Polícia Federal em Campinas", diz, em nota.

A Receita Federal divulgou que a quantidade de cocaína apreendida poderia alcançar R$ 10 milhões no continente europeu. Neste ano, a equipe de Vigilância e Repressão da Receita Federal em Viracopos apreendeu cerca de 190kg de cocaína.

Em nota, a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos informou que "apoia todas as operações realizadas pela Polícia Federal e pela Receita Federal e auxilia com informações requisitadas pelos órgãos públicos nas investigações."

"Cabe destacar que o tratorista citado na apreensão não é funcionário do aeroporto. Ele trabalha para uma empresa terceirizada que presta serviço direto à companhia aérea", destaca o texto.