Vereadores Mirins de Paulínia discutem e votam propostas para a cidade

(Thiago Amaro): Os vereadores jovens participaram de votações nas escolas participantes e tomaram posse há um ano.

As propostas passam por análise dos vereadores da Câmara e são entregues diretamente à Prefeitura

Quinze estudantes de Paulínia vão se reunir na próxima terça-feira (4) para votar propostas de melhorias para o município. Eleitos em 2017, os membros da Câmara Jovem vão ocupar as cadeiras do Poder Legislativo e defender mudanças para a comunidade escolar e toda a cidade.

A sessão é aberta ao público e vai começar às 10h30. Na pauta, por exemplo, há um projeto de lei sugerindo tempo máximo de fila nas unidades de saúde e pedidos de aumento da frota de ônibus no município, aos finais de semana; reforma de banheiros e pintura de uma escola; troca de lâmpadas no sistema de iluminação pública e campanhas de educação no trânsito, além de homenagem ao Dia da Consciência Negra.

Essa será a segunda sessão da Câmara Jovem, a primeira ocorreu no dia 12 de novembro, quando foram aprovadas 23 propostas, incluindo pedidos para criação de sala de informática na escola, mais ciclovias, instalação de comedouros para cães abandonados e projeto de alimentação noturna para moradores de rua.

Todas as propostas aprovadas devem ter andamento real: vão passar por análise dos vereadores da Câmara Municipal e ser entregues diretamente à Prefeitura.

Os vereadores jovens participaram de votações nas escolas participantes e tomaram posse há um ano, em novembro de 2017. Até agora, participaram de várias atividades para entender o papel da Câmara Municipal e visitaram a Assembleia Legislativa do Estado. Em março de 2019, serão eleitos os novos vereadores jovens. Todas as escolas da cidade, públicas ou privadas, estão convidadas a aderir.

© 2020 Jornal de Paulínia