Estacionamentos de veículos em Paulínia são interditados por suspeita de estelionato

A defesa informou que o pagamento dos clientes afetados será feitos em dez dias

Na quinta-feira (8), a Polícia Civil interditou temporariamente dois estacionamentos de compra e venda de veículos por suspeita de estelionato, em Paulínia. Doze pessoas registraram boletins de ocorrência sobre veículos que tinham sido vendidos, mas sem o pagamento pela venda.

Os dois locais pertencem ao mesmo proprietário e, segundo o delegado Rodrigo Luís Galazzo, responsável pela ação, a Polícia Civil realizou o trabalho de busca e apreensão nos comércios.

"O objetivo da operação foi exatamente a busca e apreensão dos veículos. Os envolvidos serão formalmente indiciados pela prática de estelionato com as vítimas", afirma o delegado.

De acordo com uma das vítimas, ele teria dado um veículo no valor de R$30 mil e comprou outro no valor de R$68 mil, mas ainda não conseguiu regularizar a documentação.

O gerente do estacionamento explica que a empresa passa por dificuldades financeiras e garantiu que os clientes serão ressarcidos. "Não há problema nenhum, ninguém está fugindo de nada. O problema está sendo resolvido e creio que nos próximos dias vai estar tudo sob controle", afirma Valtair Russo.

Na tarde de quinta, a operação foi suspensa a pedido da Justiça. A advogada do proprietários dos estacionamentos informou que o pagamento dos clientes afetados será feitos em dez dias.

Fonte G1

(Reprodução EPTV): Dois estacionamentos foram alvo de operação da Polícia Civil de Paulínia.

© 2020 Jornal de Paulínia