Jair Bolsonaro e João Dória têm votação expressiva na RMC e em Paulínia

Número absoluto de votos brancos e nulos subiu 30,23% do primeiro para o segundo turno

O Presidente eleito Jair Messias Bosonaro (PSL).

Segundo dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o número absoluto de votos brancos e nulos subiu 30,23% do primeiro para o segundo turno da eleição presidencial na Região Metropolitana de Campinas (RMC). O percentual de eleitores que não escolheram nenhum candidato passou de 8,8% para 11,5%.

A quantidade passou de 156.802 no primeiro turno para 204.216 na votação de domingo (28), quando Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito na disputa com Fernando Hadad (PT).

O total de eleitores que votaram no segundo turno foi de 1.775.722, 0,32% a menos do que no dia 7 de outubro, quando 1.781.474 foram às urnas nos 20 municípios da RMC.

No geral, a abstenção foi superior no segundo turno, com exceção de cinco cidades que tiveram alta no número de pessoas que compareceram às seções para votar neste domingo. Pedreira, Valinhos, Vinhedo, Cosmópolis e Jaguariúna registraram, juntos, 573 votos a mais.

Campinas

Em Campinas, o número de votos brancos e nulos subiu 32.08%. No primeiro turno, eles haviam somado 57.953 votos, mas saltaram para 76.549 no segundo.

Os votos nulos puxaram a alta, foram 59.376, segundo o TSE. Na primeira etapa da eleição os nulos eram 39.144.

Paulínia

Em Paulínia, o segundo turno teve 4.780 votos nulos e 1.403 brancos (10,63% do eleitorado). Não compareceram à votação 14.154 mil paulinenses (20,48% do eleitorado). O número de eleitores atingiu 58.169 pessoas, ou seja, 79,52%. Paulínia tem 73.154 pessoas aptas a votar nas eleições deste ano, segundo a justiça Eleitoral de Paulínia.

Região

Vinhedo foi a cidade com maior diferença de brancos e nulos entre os dois turnos, 48,8%. Eram 3.232 e o número passou para 4.811.

Em Americana, o aumento foi de 34.0%, saltando de 11.045 votos para 14.808. Jaguariúna registrou 35,8% de alta nos brancos e nulos. Os números saíram de 2.480 para 3.368. Em Holambra, o aumento de eleitores que votaram em branco ou anularam os votos cresceu 45,2%, indo de 678 para 985.

O novo Governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB).

João Dória e Bolsonaro mais votados na RMC

João Dória (PSDB), eleito governador, e Jair Bolsonaro foram os mais votados na RMC.

Segundo maior colégio eleitoral de São Paulo, Campinas registrou 401.284 votos em Jair Bolsonaro (PSL), o que representa 68,82% dos votos válidos. Fernando Haddad (PT) foi escolhido por 181.841 eleitores no município.

Em relação ao governo de São Paulo, João Doria (PSDB) repetiu o desempenho do primeiro turno e também foi o vitorioso na região.

Em Campinas, João Doria foi o escolhido de 315.524 eleitores. O atual governador e candidato derrotado, Márcio França (PSB), recebeu 230.899 votos.

Eleições em Paulínia

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) teve uma vitória expressiva nas eleições 2018 em Paulínia. Com 100% das urnas apuradas, Bolsonaro teve 71,41% dos votos válidos (37.123 mil de votos absolutos), Fernando Haddad (PT) obteve 28,59% dos votos válidos (um total de 14.863 mil de eleitores).

A vitória de João Doria (PSDB) no segundo turno das eleições, com 61,84% (29.849) dos votos, foi expressiva também se considerarmos a votação do agora governador eleito do Estado de São Paulo. Márcio França (PSB) teve na cidade 38,16% (18.420) dos votos válidos.

Fontes G1/Notícias de Paulínia

© 2020 Jornal de Paulínia