Presos dois suspeitos de roubar e matar mulher no Monte Alegre 2

De acordo com a investigação, um dos criminosos é filho de uma ex-funcionária da vítima

A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de roubar e matar uma mulher no bairro Monte Alegre 2, em Paulínia, no dia 3 de outubro. De acordo com a investigação, um dos criminosos é filho de uma ex-funcionária da vítima e planejou o crime com outro rapaz, depois de descobrir que ela guardava joias em casa. Os dois estavam foragidos e foram localizados na residência da namorada de um deles, em Americana no último domingo (21).

Ainda segundo a polícia, na data do crime, os dois jovens, de 20 e 23 anos, pediram insistentemente carona para a mulher de Americana, onde ela trabalhava, até Paulínia. Depois que entraram no veículo, eles anunciaram o assalto e fizeram ela dirigir até a residência. No local, os assaltantes pediram a senha dos cartões da vítima e pegaram joias, televisões, além do carro.

A mulher foi morta a facadas e teve a garganta cortada. Após o assassinato, um dos rapazes fugiu para Osasco, onde vendeu as joias, enquanto o outro ficou responsável pela venda das televisões. Já o veículo foi queimado em um canavial de uma estrada rural que liga Americana a Limeira.

A Polícia Civil chegou até os dois criminosos por meio de investigação, depois de descobrir por relatos de testemunhas que o rapaz de 20 anos ficou interessado nas joias da mulher. Além disso, imagens do circuito de segurança de um shopping mostraram ele fazendo saques em um caixa eletrônico com cartões da vítima, um dia depois do crime.

A investigação então pediu a prisão temporária e localizou os dois em um churrasco no domingo. Eles confessaram o assassinato, foram indiciados por latrocínio - roubo seguido de morte - e encaminhados à cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas.

Fonte G1

(Divulgação/Polícia Civil): Carro da vítima foi queimado em estrada rural que liga Americana a Limeira.

© 2020 Jornal de Paulínia