Advogada de Paulínia é presa em Fernandópolis por suspeita de tráfico de drogas

A mulher e o marido ainda portavam uma quantidade em dinheiro e um aparelho celular

Uma advogada de Paulínia e o marido foram presos em Fernandópolis na última semana após serem abordados pela Policia Militar. O casal estava em um veículo Honda Fit em atitude suspeita nas imediações do bairro Jardim Araguaia e Terminal Rodoviário. O homem N.F.D e a esposa J.C.B.D., portavam uma quantidade em dinheiro e um aparelho celular no interior do veículo. Na abordagem, uma policial feminina foi chamada para fazer a revista na advogada onde foram encontradas 52 pedras de crack escondida em suas roupas intimas.

A advogada acabou confessando que a droga pertencia ao marido e ele forneceria a alguns usuários no jardim Araguaia e na região norte de Fernandópolis. Depois da entrega seguiriam para a cidade de Indiaporã, onde têm familiares. Os dois foram presos e conduzidos ao Plantão Policial de Fernandópolis. Na checagem das identidades dos traficantes, foi confirmado o registro da OAB da mulher. Eles foram encaminhados as Cadeias de Guarani d´Oeste e Nhandeara. A advogada presa seria bem conceituada em Paulínia e ainda mantinha um escritório de advocacia.

Fonte Região Noroeste

(Divulgação): Foram encontradas 52 pedras de crack escondida em suas roupas intimas.