PF prende suspeito de enviar cocaína pelos Correios para a Austrália

Em julho uma outra correspondência com cocaína havia sido despachada pela unidade dos Correios

Na quarta-feira (3) um homem de 32 anos foi preso em flagrante em Valinhos suspeito de enviar cocaína pelos Correios para a Austrália. Ele tentava despachar uma envelope com o entorpecente usando um outro nome como remetente.

A Polícia Federal investiga o caso desde julho de 2018, quando uma outra correspondência com cocaína havia sido despachada pela unidade dos Correios. Um inquérito para investigar tráfico internacional de drogas foi instaurado no mês de agosto.

Diante de um alerta de atividade suspeita emitida pela PF, policiais militares efetuaram a prisão do suspeito na agência.

O suspeito foi encaminhado para a Polícia Federal em Campinas, onde foi autuado em flagrante por tráfico internacional de entorpecentes. Em nota, a PF informa que o preso permanecerá à disposição da Justiça Federal em Campinas.

Segundo informações da PF, o suspeito tem uma passagem criminal por roubo.

Em nota, os Correios informaram que um homem tentou realizar a postagem de entorpecentes na agência de Valinhos e "foi preso em flagrante pela Polícia Militar antes mesmo de realizar a postagem".

"Por ser assunto relacionado com a segurança postal, os Correios não divulgam detalhes dessas ações. O atendimento da agência não foi prejudicado", completa o texto.

Fonte G1

(Radar Interior): Suspeito tentou despachar envelope com cocaína na agência dos Correios em Valinhos.

© 2020 Jornal de Paulínia