Mulher é encontrada morta a facadas no Monte Alegre II

O assassino perfurou o pescoço da vítima e ainda cortou o dedo para arrancar a aliança

Uma mulher de 52 anos foi encontrada morta na tarde da última quarta-feira (3) no bairro Monte Alegre II, em Paulínia. A suspeita é que ela tenha sido vítima de latrocínio – roubo seguido de morte.

O corpo foi encontrado por familiares na sala do imóvel localizado na Rua José Furlan. Eles tentavam contato com a vítima desde às 15h, sem sucesso.

De acordo com informações de testemunhas, a vítima havia dando carona para um homem, que teria sido o último a vê-la viva.

A Polícia Militar (PM) atendeu ao chamado. O carro da marca Kia Cerato branco, joias, eletrodomésticos e dinheiro foram levados.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e constatou que a vítima foi morta com golpes no pescoço com objeto cortante, provavelmente faca. O assassino ainda cortou o dedo da vítima para arrancar a aliança.

A ocorrência foi registrada pela Polícia Civil de Paulínia que já acompanha o caso. A motivação e autoria do crime ainda são desconhecidas. Ninguém foi preso até o momento.

A Polícia Civil disse que outras informações não serão passadas para não atrapalhar a apuração do caso.

Denúncias para ajudar a polícia podem ser feitas pelo Disque-Denúncia, no número 181. Não é necessário se identificar.

Fonte Notícias de Paulínia

(Internet): Policiais militares no local do crime em busca de informações para a prisão de criminoso.

© 2020 Jornal de Paulínia