Área da Ponte da Rhodia será isolada a partir da próxima terça-feira para início das obras

Demolição da estrutura existente deve começar no próximo dia 8

A partir da próxima terça-feira (3), a área onde está localizada a ponte sobre o Ribeirão Anhumas, popularmente conhecida como Ponte da Rhodia, será totalmente isolada para o início das obras de demolição da estrutura existente e construção das duas novas pontes. O cronograma inicial de operações foi definido na tarde da última terça-feira (25) em reunião entre a Secretaria de Obras e Serviços Públicos de Paulínia e representantes da Etama Construtora Ltda., empresa responsável pela execução das obras.

"Estará impedido a partir desta data a passagem de pedestres e ciclistas, que apesar da interdição costumam transitar pela ponte. Por questões de segurança, pedimos a compreensão de todos e reforçamos que não haverá nenhum tipo de alternativa de passagem pelo local. A área será totalmente isolada e só pessoas autorizadas poderão chegar nas proximidades da obra", alerta o secretário de Obras e Serviços Públicos de Paulínia, Valdir Terrazan.

De acordo com José Eduardo Gonçalves, diretor técnico da Etama, o início da demolição está previsto para o próximo dia 8. "Nossa previsão é de que a demolição e remoção total da ponte já existente leve cerca de 15 dias e, em uma segunda etapa, iniciaremos o processo de construção das novas pontes", afirmou.

A ponte sobre o Rio Anhumas foi interditada em 2014, após um laudo técnico apontar a existência de problemas estruturais no local. Na época, o VDM (Volume Diário Médio) era de aproximadamente 4 mil automóveis.

Segundo dados do projeto - que será executado por R$ 5.968.050,35 milhões - após a demolição, serão construídas duas novas pontes: uma sentido Campinas/Paulínia e outra sentido Paulínia/Campinas, ambas com 56 metros de extensão. A expectativa da empresa é de que as obras sejam concluídas em no máximo oito meses, conforme previsto em contrato.

(Internet): A ponte sobre o Rio Anhumas foi interditada em 2014, após um laudo técnico apontar a existência de problemas estruturais no local.