Força tarefa das Policias Civil e Militar cumpre mandados de prisão em Paulínia e região

Procurados estão envolvidos desde tráfico e roubo à falta de pagamento de pensão alimentícia

Nesta quinta-feira (13), uma força-tarefa das polícias Civil e Militar foi realizada na região de Campinas com objetivo de cumprir mandados de prisão por crimes. Os procurados estão envolvidos desde tráfico e roubo à falta de pagamento de pensão alimentícia, por exemplo.

A Polícia Civil informou ao veículo G1 que, aproximadamente 3,5 mil mandados de prisão estão sendo cumpridos nas áreas das duas delegacias seccionais de Campinas, que abrangem as cidades de Valinhos, Vinhedo, Paulínia e Indaiatuba, e também nas seccionais de Mogi Guaçu, Bragança Paulista e Jundiaí.

São as unidades pertencentes ao Departamento de Polícia Judiciária São Paulo Interior 2 (Deinter-2), que tem sede em Campinas.

A operação aconteceu desde as 6h em todo o estado de São Paulo, com coordenação da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Procurados desde 2015

Entre os mandados, há casos recentes e outros desde 2015, pelo menos. A operação pode ter o apoio da Guarda Municipal, caso as polícias julguem necessário.

Os presos serão levados a princípio para as delegacias regionais e, em seguida, encaminhados para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas, no bairro São Bernardo. Posteriormente, serão levados para presídios do estado.

Presos em Paulínia

De acordo com a Polícia Civil, os seis mandados que integram a operação foram cumpridos nesta manhã. Dos seis presos, três são por pensão alimentícia e os demais por ocorrências criminais.

Fonte G1

(Reprodução/EPTV): Viaturas das polícias Civil e Militar na 2ª Delegacia Seccional de Campinas durante a operação que busca procurados pela Justiça.

© 2020 Jornal de Paulínia