Paulínia Empreendedora: Theatro Municipal de Paulínia sedia evento gratuito sobre empreendedorismo

"Kintsugi - o poder de dar a volta por cima" será na próxima terça-feira (11) das 18h30 às 22h30

Kintsugi é a arte japonesa de reparar uma cerâmica quebrada com pó de ouro, prata ou platina. Com base neste conceito, Edgar Ueda traz para o Theatro Municipal de Paulínia na próxima terça-feira (11) um evento inovador voltado para empreendedores de todas as idades: "Kintsugi - o poder de dar a volta por cima". Com participação especial de José Carlos Polozi e Geraldo Rufino, o evento é promovido pela Mondeluz e conta com apoio do Sebrae e Prefeitura de Paulínia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

Rui Rabelo, secretário de Desenvolvimento Econômico de Paulínia, reforça que, por meio do lançamento do Programa Paulínia Empreendedora, a administração tem incentivado a realização de eventos, treinamentos e capacitações voltadas a empreendedores.

Para fazer a inscrição basta acessar o site https://kintsugipaulinia.eventbrite.com e doar, no dia do evento, um quilo de alimento não perecível ou um pacote de ração para cães. As vagas são limitadas.

"Nosso objetivo é mudar a vida das pessoas. É um evento disruptivo e transformador. Queremos despertar o melhor que cada pessoa tem dentro de si e, por meio da apresentação de cases de sucesso, mostrar aos presentes que para alcançar o patamar de sucesso as rotas devem ser trocadas, as regras devem ser quebradas com disruptura, mindset expandido, mudanças comportamentais e acúmulo de competências", afirma o idealizador do evento Edgar Ueda.

O evento, que acontece das 18h30 às 22h30, traz também o lançamento do livro de Ueda, "Kintsugi - O poder de dar a volta por cima".

SERVIÇO

"KINTSUGI - O PODER DE DAR A VOLTA POR CIMA"

Local: Theatro Municipal de Paulínia - Av. Pref. José Lozano Araújo, 1551 - Parque Brasil 500

Data: 11 de setembro de 2018

Horário: das 18h30 às 22h30

Inscrições: https://kintsugipaulinia.eventbrite.com/?aff=PREFEITURA (vagas limitadas).

© 2020 Jornal de Paulínia