Criminosos tentam furtar comércio na região central e fazem funcionária de refém

Os assaltantes são da capital, na região de Brasilândia

Três homens foram presos na tarde desta terça-feira (4) após tentativa frustrada de assalto na loja das Casas Bahia, no centro do Paulínia. Os assaltantes são da capital, na região de Brasilândia.

Os criminosos armados invadiram a loja por volta das 13h e anunciaram o assalto. Vários funcionários e alguns clientes correram em direção à avenida e atravessaram o canteiro central até um posto de gasolina, que fica em frente à loja.

Segundo informações da polícia, no interior da loja, os ladrões renderam uma das funcionárias, feita de refém, durante o roubo, que veio a passar mal.

A Polícia Militar chegou rápido, interditaram as ruas e fizeram um cerco à loja. Aproximadamente 20 policiais e guardas municipais, e sete viaturas das duas corporações, além do apoio de motocicletas da Ronda Ostensiva, ajudaram na ocorrência.

Um indivíduo foi preso do lado de fora da loja com diversas mercadorias. Dois tentaram fugiram, sendo que um foi capturado na Sede do Corpo de Bombeiros e o terceiro no portão de acesso do Parque Zeca Malavazzi. Um carro com placa de Cotia (SP) também foi apreendido.

Foi recuperado um revólver calibre 38 e, de acordo com a PM havia outra arma, provavelmente de brinquedo que ainda não foi encontrada, pois foi jogada na tentativa de fuga.

A loja fica na avenida José Paulino, esquina com a rua Padre José de Anchieta, principal corredor de pedestres e carros que transitam pelo centro da cidade. A poucos metros estão várias agências bancárias, fórum e comércio em geral.

A unidade das Casas Bahia fica a 70 metros de uma escolar municipal, a 150m da Delegacia de Polícia, a 210m do Corpo de Bombeiros, a 240m do Fórum Trabalhista e a 300 metros a sede da Guarda Municipal.

Fonte Notícias Paulínia

(Notícias Paulínia): A loja fica na avenida José Paulino, esquina com a rua Padre José de Anchieta.

© 2020 Jornal de Paulínia