Ministério do Trabalho realiza fiscalização na Replan após explosão

06.09.2018

Nos últimos 12 meses, a Replan passou por duas fiscalizações do MTE, feitas a partir de denúncias do sindicato e da mídia

 

As condições de segurança e saúde oferecidas pela Replan, estão na mira do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Na última segunda-feira (3), duas semanas após a explosão, auditores fiscais da Superintendência Regional do Trabalho no estado de São Paulo iniciaram uma vistoria surpresa na indústria de refino de petróleo.

 

Anildo Passos, coordenador do Projeto Riscos Químicos do MTE, afirma que a preocupação do Ministério do Trabalho e da Auditoria Fiscal do Trabalho é se antecipar aos problemas que colocam em risco a vida de trabalhadores.

 

Além dos auditores fiscais do trabalho, a direção do sindicato da categoria de funcionários (Sindipetro) e representantes do Ministério Público também acompanharam a vistoria.

 

Segundo informou o MTE, sem revelar detalhes, a vistoria durou três horas e terminou por volta das 17h30.

 

(Paulo Gonçalves / EPTV): Fiscalização na Replan teve início na tarde desta segunda-feira (3).

 

 

Fiscalização antecipada

 

De acordo com os auditores fiscais do trabalho do MTE, a vistoria já era prevista para acontecer esse ano em um calendário do Grupo de Refinarias, parte do Projeto Riscos Químicos, da Superintendência Regional. Os trabalhos foram antecipados por conta do acidente.

 

"Essa ação é planejada e o acidente é um dos itens. A gente tem outros itens além do acidente. Atmosfera explosiva, exposição ao benzeno, condições de trabalho em geral", afirma Anildo Passos.

 

São, ao todo, quatro auditores, sendo dois da gerência de Campinas e outros dois da equipe fixa do Grupo de Refinarias, das cidades de São José dos Campos e São Bernardo do Campo. Um médico do trabalho também integra a equipe, mas não participa presencialmente da vistoria. Ele atuará na elaboração do laudo final.

 

A primeira etapa da fiscalização durou quatro dias e será concluída, portanto, nesta quinta-feira (6). Ela consiste na solicitação e análise de documentos, preparo de equipamentos de segurança, questionamento do processo produtivo e vistoria em toda a unidade.

 

A segunda etapa, para avaliação de tudo o que foi constatado na vistoria, pode levar até quatro meses, mas o órgão acredita que a conclusão final seja feita antes desse prazo. Cinco eixos principais de fiscalização serão analisados pelos auditores.

 

Atmosferas explosivas - líquidos inflamáveis que geram vapores inflamáveis configuram uma atmosfera explosiva e equipamentos e processos elétricos podem gerar fontes de ignição. A inspeção vai verificar esses riscos.

Benzeno - substância química usada em líquidos de processos na operação da refinaria que pode causar danos ao trabalhador e doenças, como câncer. A exposição ao benzeno precisa estar dentro de limites.

 

NR13 - Norma que cuida de caldeira, vasos de pressão e tubulações. O MTE verifica se a empresa está dentro de parâmetros.

 

Terceirizadas - Verifica em quais processos produtivos estão inseridos, a relação entre as terceirizadas e os empregados.

 

Controle médico de saúde ocupacional - médico avalia as condições médicas e de exposição do trabalhador.

Além das condições de trabalho, a fiscalização inclui o cumprimento das Normas Regulamentadoras aplicáveis. Nos últimos 12 meses, a Replan passou por duas fiscalizações do MTE, feitas a partir de denúncias do sindicato e da mídia, sendo a última por conta de uma parada emergencial ocorrida em novembro do ano passado.

 

O que diz a Petrobras?

 

Por meio de assessoria, a empresa alegou que não houve surpresa na vistoria e que foi notificada em 31 de agosto pela gerência regional do Ministério para apresentar documentos, que já foram disponibilizados. "A Petrobras já se colocou à disposição para colaborar com as inspeções dos órgãos públicos competentes e reforça seu compromisso com a segurança da força de trabalho, operações e instalações, adotando padrões da indústria mundial de petróleo", diz nota ao citar que as unidades não afetadas pelo incidente estão em operação. O MTE, contudo, nega avisa prévio.

 

Além disso, a empresa defendeu que mantém número de trabalhadores necessário e suficiente para garantir segurança e eficiência das plantas industriais. "Petrobras reitera que os seus contratos de serviço estão em conformidade com a legislação vigente e cumpre integralmente todas as Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego", informa trecho.

 

Fonte G1

 

 

Compartilhar no Facebook
Gostei
Please reload

6 Dec 2019

A Dra. Vivian Motta Biondi, FISIO DERMATO FUNCIONAL, com várias especializações, inclusive na EUROPA, está apaixonada por seus protocolos novos, que utilizam varias tecnologias em um mesmo tratamento.

Muito mais eficaz, o queridinho da vez é a tecnologia hibrida, que possui as tecnologias de ultracavitação, radiofrequência e lipoled, e já são tratamentos consagrados.

E o melhor de tudo, podemos tratar em uma mesma sessão:  

- celulite

- flacidez

- fibrose

- gordura localizada

Quando juntamos as três te...

6 Dec 2019

Passagens continuam a R$ 1 e os ônibus contarão com ar-condicionado e idade máxima de 8 anos

O Grupo Passaredo deixará de operar o sistema de transporte coletivo urbano e rural de passageiros em Paulínia. A Terra Auto Viação Transportes Ltda será a concessionária responsável por esse serviço público na cidade, segundo o Sindicato dos Rodoviários de Campinas e Região. A Prefeitura informou que cuida dos últimos detalhes da contratação.

Porém, mesmo com o fim de seu contrato emergencial com o municí...

6 Dec 2019

Fiscalização pontuou agilidade para idosos e pessoas com necessidades especiais, além de médicos presentes em todas as especialidades 

A IX Fiscalização Ordenada do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) atingiu 299 unidades públicas de saúde (UPASs, UBSs e Hospitais) de 229 municípios paulistas, no último dia 26 de outubro.  De acordo com o TCE, a fiscalização “in loco” avaliou os seguintes pontos: qualidade do atendimento; satisfação do usuário, por meio de entrevistas; controle de...

6 Dec 2019

Parcela mínima será de R$ 50,00 para pessoas físicas e de R$ 150,00 para jurídicas

Já está tramitando na Câmara de Vereadores de Paulínia uma proposta de lei (PLC 10/2019) que parcela em até cem vezes taxas e impostos municipais como ISSQN, IPTU, entre outros, vencidos e não pagos até 31 de dezembro de 2018.  Segundo a Secretaria Municipal dos Negócios da Receita, no último dia do ano passado a dívida dos contribuintes, entre pessoas físicas e jurídicas, com o município fechou em  R$ 16...

6 Dec 2019

Os maiores destaques estão na redução de 42% dos roubos de todas as modalidades

A Guarda Municipal (GM) de Paulínia realizou um balanço das atividades no mês de novembro, considerando ações de prevenção, produtividade policial e índices criminais.

Os maiores destaques estão na redução dos roubos de todas as modalidades em 42% e redução dos furtos de todas as modalidades em 20%, comparado a novembro de 2018.

Os empenhos em ocorrências de toda natureza somam 2.650 atendimentos, destacando nas ações d...

6 Dec 2019

A economia estimada com o fim do pagamento desses benefícios é de R$ 4,3 bilhões por ano

Uma apuração de benefícios pagos pelo Instituo Nacional de Seguridade Social (INSS) verificou indícios de fraude e irregularidades em 261 mil aposentadorias e pensões. A economia estimada com o fim do pagamento desses benefícios é de R$ 336 milhões por mês ou R$ 4,3 bilhões por ano.

Segundo nota do INSS, “os motivos de pagamento irregulares mais comuns decorrem de recebimento indevido de benefício assistencial...

6 Dec 2019

Em dois anos de projeto o Jequitibá Rugby levou o esporte gratuitamente para mais de 2.400 crianças e adolescentes 

O projeto Escola de Rugby realizado pelo Jequitibá, time amador de Paulínia, começou em 2018 em parceria com a Secretaria de Esporte e Educação de Paulínia, para fomentar o esporte nas escolas municipais e formar as categorias de base do time principal. Desde então o projeto social promove a inclusão e cidadania através dos valores do rugby: respeito, integridade, solidariedade, pai...

6 Dec 2019

Visando qualificação profissional, as aulas são ofertadas na modalidade de Ensino à Distância (EAD) em áreas de gestão e tecnologia de informação

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, oferece 23 mil vagas em cursos gratuitos de qualificação profissional do programa Via Rápida Virtual. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 9 de dezembro através do site www.viarapida.sp.gov.br.

No Via Rápida Virtual, todas as aulas são r...

6 Dec 2019

A finalização da obra está prevista para o primeiro semestre de 2021

A CPFL Paulista vai construir uma nova subestação em Paulínia para atender melhor aos clientes da cidade e também da vizinha Cosmópolis. Com isso, o fornecimento de energia elétrica se tornará mais robusto, seguro e confiável, num reforço que irá contemplar cerca de 10 mil consumidores.

Segundo a CPFL, para instalar a infraestrutura, a empresa investirá R$ 24 milhões entre a construção da SE Paulínia 3 e a expansão da malha de di...

6 Dec 2019

O motorista afirmou ter comprado o carro por R$ 1.300,00 de um ‘rolista’

(Ilustrativa): A Polícia Militar fazia patrulhamento de rotina pelo Cecap, quando perceberam o nervosismo do motorista.

Um ajudante de 23 anos foi preso em flagrante no final da tarde de segunda-feira (2) por receptação a um Ford Escort que havia sido furtado. Outro homem de 30 anos, que estava no passageiro, também é investigado no caso.

A Polícia Militar fazia patrulhamento de rotina pelo Cecap, quando perceberam o nervosism...

Please reload

© 2018 Jornal de Paulínia