A responsabilidade de ser Pai: celebre esta data!

O Dia dos Pais é comemorado no segundo domingo do mês de agosto. A data será comemorada neste domingo (12). Talvez essa data para muitos não seja tão lembrada, como por exemplo o Dia das Mães.

Vemos as mães como seres que nos exemplificam para coisas boas, com garra e força. Mas, em muitos casos, deve-se lembrar desta data como um dia especial.

Há quem diga que a data surgiu com uma história nos Estados Unidos. Sonora Louise Smart Dodd, filha do veterano da Guerra John Bruce Dodd, ao ouvir um sermão dedicado às mães, teve a ideia de celebrar o Dia dos Pais. Ela queria mostrar a seu pai como tinha orgulho de sua superação, pois ele havia perdido a esposa em 1898, que faleceu ao dar à luz o sexto filho. John Bruce Dodd criou os filhos sozinho, com carinho e responsabilidade. Já adulta, Sonora sentia-se orgulhosa do pai por tê-lo visto superar todas as dificuldades sem a ajuda de ninguém. Foi então que o primeiro Dia dos Pais norte-americano fez-se comemorado em 19 de junho daquele ano, aniversário de John.

Já no Brasil, a ideia de comemorar a data partiu do publicitário Sylvio Bhering e foi celebrada pela primeira vez no dia 14 de agosto de 1953, data que coincidiu com o "Dia de São Joaquim", patriarca da família. Desde então, foi oficializado o segundo domingo de agosto a homenagem os pais.

Muitos cresceram distantes de seus pais, os vendo acordar pela manhã e chegar ao anoitecer. Cansados, muitas vezes até sem aquele diálogo que tanto se espera ter com a figura paterna.

Outros tiveram aquele pai mais presente, que cobrava para ver o dever de casa. Cobrava por uma postura mais adequada no colégio. Cobrava por um diploma na faculdade. Cobrava por um futuro brilhante.

E, não devemos nunca nos esquecer das mães que fazem o papel de pai. Que cuidam e criam seus filhos se dividindo em dois, tendo que ter atitudes de pai e de mãe.

Independente de como foi a sua criação, de como seu pai ou mãe o criou, lembre-se que mesmo naquele silêncio do cansaço do dia a dia, aquele homem ou mulher, se esforçou pensando no melhor para seus filhos.

Muitas vezes aquele conselho duro dado foi para um bem maior. Foi se preocupando para que seu filho se tornasse um ser humano brilhante.

Os pais carregam sobre si a responsabilidade e dever de dar o melhor como podem para seus filhos. Muitas das vezes não vemos a preocupação levada todas as noites quando deitam a cabeça no travesseiro. Mas elas existem e, é por isso que, independente de como seja figura paterna que você possui dentro de casa, valorize e homenageie nesse dia tão especial.

Além de pai, enxergue esta pessoa como seu melhor amigo, que é quem vai sempre se esforçar por você.

À todos aqueles que criam seus filhos com toda dedicação, não medindo esforços para vê-los bem, que mesmo não podendo dar tudo que gostariam, oferece um abraço e uma palavra de apoio e incentivo, um Feliz Dia dos Pais de toda a equipe do Jornal de Paulínia.

Foto: Roni Sanches