Por meio do aplicativo WhatsApp, Polícia descobre desmanche de veículos em Campinas

A DIG lançou recentemente o número de WhatsApp para a população fazer denúncias

A Polícia Civil de Campinas descobriu um desmanche de veículos que funcionava em um mercadinho desativado na manhã de quinta-feira (2), no bairro Jardim Santa Mônica. No local foram encontrados um veículo Amarok e peças de veículos. A polícia chegou ao local após denúncia anônima feita pelo aplicativo de conversas WhatsApp. Além das peças e do veículo, no local havia ainda gôndolas e até balcão usado em comércios. Também havia garrafas de bebidas e até alimentos em sacos para serem comercializados. Quando a polícia chegou não havia ninguém no local. A polícia vai identificar o proprietário do local para chegar aos criminosos. As autoridades policiais acreditam também que os criminosos usavam o local há 15 dias.

"Recebemos a denúncia via aplicativo. Quando a equipe chegou, o local estava vazio. Acreditamos que eles ficaram sabendo da denúncia", explicou o delegado titular da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), José Carlos Fernandes da Silva. O delegado explicou que o perfil de criminosos que atuam em desmanche de veículos mudou e que não há mais a atuação de quadrilhas. "Agora são dois ou três criminosos que alugam locais de comércio ou serviço para despistar a polícia e promover este tipo de crime", disse o delegado. O delegado ressaltou também a importância das denúncias feitas à polícia. "Desde junho estamos com esse número de WhatsApp e temos feito bastante investigação por meio desse modo de informação", afirmou. A DIG lançou recentemente o número de WhatsApp para a população fazer denúncias de crimes contra o patrimônio (crimes de roubos e furtos em geral). O número, que já está funcionando é (19) 98904-4629.

Fonte CidadeOn

(Denny Césare/Código 19): Mercadinho desativado era usado por bandidos.