Brincadeiras com arma de fogo tiram vida de adolescente e criança na RMC

Adolescente e menino de 7 anos morreram na última terça-feira (24)

Um adolescente de 17 anos de idade morreu na terça-feira (24) com um tiro na cabeça no Jardim Florence, em Campinas. A Polícia Civil suspeita que ele participava de uma brincadeira de roleta russa com outros dois menores, mas não descarta as possibilidades de suicídio ou homicídio.

A vítima estava na casa de dois amigos de 17 e 15 anos. Em depoimento, os adolescentes contaram que o rapaz tirou quatro munições do tambor do revólver, fechou e colocou na cabeça, acionando o gatilho na sequência.

De acordo com a Polícia Civil, nenhum dos adolescentes tem envolvimento com drogas ou passagem pela polícia. O caso foi registrado na 11º Distrito Policial, no Jardim Ipaussurama.

Já em Monte Mor, a vítima da brincadeira com arma de fogo foi um menino de sete anos. Ele morreu na noite de terça-feira, após ser atingido por um tiro acidental, no Jardim Pavioti. Ele foi socorrido por familiares e levado a Unidade de Pronto Atendimento do Jardim Amanda, em Hortolândia. Na sequência, foi transferido para o Hospital Estadual de Sumaré, mas não resistiu.

O disparo foi efetuado pelo irmão da criança, um adolescente de 14 anos. Em depoimento, o adolescente disse à Polícia Civil ter comprado a arma em Hortolândia e após o disparo a jogou em uma ribanceira próxima de sua casa. A arma não foi encontrada. O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Fonte CBN

(Ilustrativa): Adolescente morreu em Campinas. Menino de 7 anos

foi vítima de disparo efetuado pelo irmão em Monte Mor.