Vereador Kiko Meschiatti se entrega à Polícia Federal

13.07.2018

O parlamentar e um primo estão presos na cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas

 

Na noite da última quarta-feira (11), o vereador de Paulínia, Kiko Meschiatti (PRB) se entregou à Polícia Federal. Meschiatti foi condenado em segunda instância a quatro anos e oito meses de detenção em regime semi-aberto. O parlamentar é acusado de tentar repassar R$ 1,9 mil em notas falsas no comércio local junto com seu primo Éverson Meschiatti em 2004.

 

O vereador era considerado foragido desde o dia 22 de junho, após a expedição de um mandado de prisão contra ele pela Justiça Federal. Kiko e o primo estão presos na cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas, onde aguardam a transferência para uma unidade prisional.

 

A Câmara de Vereadores de Paulínia informou, em nota oficial, que, consta no regimento interno da Casa a previsão da perda do mandato em caso de condeção criminal transitada em julgado. No entanto, o Legislativo precisa receber a representação de algum vereador ou partido para que se instaure um procedimento específico, com direito a ampla defesa do parlamentar.

 

"Tal norma corresponde com a Legislação Federal que, recentemente, recebeu entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), no sentido de que, o cumprimento da pena pode ter início a partir do trânsito em julgado em 2ª instância, como vem ocorrendo no caso em questão", diz o texto da nota.

 

No mês de junho, por meio de nota, Meschiatti, que disse ser inocente, contou que deu carona a um primo que desceu do carro para comprar cigarros. No estabelecimento, o primo foi acusado de repassar uma nota falsa de R$ 50,00. "Ele é réu confesso no processo. Eu sou empresário e pai de família, jamais me sujaria", argumentou o parlamentar na época.

Meschiatti diz estar sofrendo perseguição política porque tem denunciado o atual prefeito, Dixon de Carvalho (PP) e os anteriores: Edson Moura (MDB) e José Pavan (PSB).

 

"Não tem nada contra mim, nem multa. Eles estão trazendo isso a público para trazer desgaste porque querem me tirar do cenário político", disse ele.

 

O Jornal de Paulínia tentou contato com a assessoria de Kiko Meschiatti, mas até a publicação não obteve retorno.

 

Relembre o Caso

 

Vereador mais votado de Paulínia, Kiko foi denunciado pelo Ministério Público (MP) de introduzir, no comércio local, cédulas de R$ 50,00 falsificadas, em maio de 2004, em uma ação que teria a participação de uma prima, na época com 17 anos, e uma amiga dela, maior de idade. O TRF, em 2017, extinguiu a pena da amiga por prescrição da pretensão punitiva.

 

Segundo a denúncia do MP, o crime teria sido cometido em um comércio na Avenida José Paulino e foi flagrado por policiais militares, após denúncia de dois comerciantes que teriam recebido dinheiro falso da amiga. Os policiais abordaram o carro em que os primos estavam e encontram no porta-luvas outras 38 notas falsificadas de mesmo valor, além de R$ 362,00 em cédulas verdadeiras de outros valores, maços de cigarros, dois tabletes de chocolate, um cartão telefônico e um celular. 

 

A prima adolescente e a amiga tentaram comprar cigarros em uma padaria e a nota foi recusada pela operadora de caixa. Na época, Éverson Meschiatti alegou à polícia ter obtido o dinheiro falso sem perceber a partir da venda de um computador por R$ 2,1 mil a uma pessoa, sobre a qual não soube informar nada além do primeiro nome. Kiko estava junto e a prima e a amiga teriam pedido uma carona depois da transação. 

 

Em primeira instância, os dois tinham sido condenados à pena de seis anos e três meses de reclusão em regime semiaberto e 124 dias-multa cada, sendo considerado o valor do dia-multa 1/6 e 1/10 do salário-mínimo vigente à época do crime, respectivamente, enquanto a amiga foi condenada a quatro anos de reclusão em regime aberto e 72 dias-multa, sendo considerado o valor do dia-multa 1/10 do salário da época.

 

 

(Reprodução/EPTV): Meschiatti diz estar sofrendo perseguição política.

Compartilhar no Facebook
Gostei
Please reload

3 Jul 2020

Prefeito Du Cazellato assinou nesta semana contrato com Consórcio Paulitec, que venceu a licitação com R$ 23 milhões abaixo do estimado

O prefeito de Paulínia, Du Cazellato (PL) assinou na última segunda-feira (29) o contrato para construção do novo sistema viário sobre o Rio Atibaia, que ligará a região do Monte Alegre ao João Aranha.

“Tenho uma ótima notícia para todos, assinei como prefeito de Paulínia o contrato de construção do novo sistema viário do Rio Atibaia – ‘Ponte do João Aranha’, que...

3 Jul 2020

Sistema Imune e Câncer: Importantes Resultados da Imunoterapia Brasileira Divulgados no Último Congresso Americano de Oncologia – ASCO 2020

Tudo começa com o cirurgião americano William Coley (1862-1936), intrigado com uma vítima de câncer que havia se curado após uma infecção severa, ele postulou que "nossas células de defesa, quando ativadas, erradicariam o tumor".

No século 19, Rudolf Virchow mostrou as primeiras evidências de células inflamatórias em tumores, sugerindo uma possível associação...

3 Jul 2020

Serviço foi iniciado na quarta-feira (1º) nas 836 unidades de Registro Civil do estado de São Paulo
 

Desde quarta-feira (1º), atos de inscrição, alteração, consulta e emissão de segunda via de CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) podem ser feitos nos 836 Cartórios de Registro Civil do Estado de São Paulo, possibilitando que os cidadãos paulistas possam inclusive regularizar seus documentos para fins de obtenção do auxílio emergencial, disponibilizado pelo Governo Federal em razão da pandemia da COV...

3 Jul 2020

Segundo o grande penalista Magalhães Noronha, honra é "o complexo ou conjunto de predicados ou condições da pessoa que lhe conferem consideração social e estima própria".

Diante dessa brilhante definição, temos, então, dois tipos de honra: a primeira, denominada honra objetiva, sentimento geral, externo, o que os outros pensam da pessoa, e honra subjetiva, sentimento pessoal, o que o ser humano pensa de si próprio com relação aos atributos físicos, morais e intelectuais. Não se admite a existênci...

3 Jul 2020

Os dois estavam em atitudes suspeitas pelas redondezas do bairro com dois filhos pequenos

Na última segunda-feira (29) uma equipe da ROMU de Paulínia, em patrulhamento pela região do bairro João Aranha, foi informada por populares que um veículo modelo Fox de cor preta, estaria circulando pelas redondezas de forma suspeita.

Com as informações a equipe não demorou para localizar o veículo ainda em movimento, que quando abordado, verificou que os ocupantes eram um casal e seus dois filhos pequenos.

E...

3 Jul 2020

No mês de junho, o município registrou apenas três casos da doença, no mesmo período do ano anterior a cidade teve 96 casos

No mês de junho, Paulínia registrou mais uma vez de queda nos casos de dengue, com apenas três casos da doença. No mesmo período em 2019, a cidade teve 96 casos. Comparando os dois meses, a queda é de 86%.

Entre janeiro e maio deste ano, Paulínia já havia registrado uma queda de 84% nos casos de dengue quando comparado ao mesmo período de 2019, não registrando nenhum óbito pe...

3 Jul 2020

Doação aconteceu devido a GM de Paulínia constar como uma das corporações do país que possui toda documentação regulamentada junto ao órgão federal 

A Guarda Municipal de Paulínia recebeu na sexta-feira (26) material de Equipamento de Proteção Individual (EPI’s) doados pelo Governo Federal através da Secretaria Nacional de Segurança Pública(SENASP). A doação aconteceu devido a GM de Paulínia constar na lista da SENASP como uma das corporações do país que possui toda documentação regulamentada jun...

3 Jul 2020

A mudança é opcional e os estabelecimentos comerciais poderão funcionar por 6 horas diárias, mas terão que fechar durante três dias da semana

O governo de São Paulo vai publicar um decreto que permite a ampliação do horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais dos municípios que estão na fase laranja de flexibilização econômica durante a quarentena do coronavírus. A mudança é opcional e os estabelecimentos comerciais poderão funcionar por 6 horas diárias, 2 horas a mais do que o atual...

3 Jul 2020

Para acompanhar as ações durante o mês de julho do Livre Coletivo Arte, acesse o perfil no Instragram: @livrecoletivoarte

No mês de julho, o Livre Coletivo Arte realiza um mês inteiro de ações voltadas para a conscientização e o fortalecimento das lutas na causa LGBTQI+.
Durante todo o mês serão realizadas postagens com informações sobre dúvidas, curiosidades e a luta contra a LGBTfobia.
Nesta primeira edição, o Coletivo organizou conversas abertas em formato de entrevistas, shows e uma maratona...

3 Jul 2020

Fique informado e circule com segurança durante a quarentena

O aplicativo Google Maps ganhou novas funções para combater o coronavírus, agora os usuários podem circular por Paulínia com mais segurança, recebendo alertas da app com possíveis aglomerações por exemplo. Quando o usuário procurar informações relacionados a trajetos, receberá alertas que estejam relacionados ao vírus de maneira que o usuário estará mais preparado para se locomover pela cidade.

Os alertas recebidos são baseados em dados...

Please reload

© 2018 Jornal de Paulínia