Clube de Motoqueiros Acorrentados doa 1 tonelada em roupa para Campanha do Agasalho

Um trio elétrico percorreu as principais avenidas e ruas chamando a população

Divididos em cinco grupos de arrecadaAção, um mutirão de voluntários da “Campanha do Agasalho 2018 – É tempo de doar” saíram pelas ruas de Paulínia, especialmente no bairro São José, no último sábado (16) para coletar as peças que a população reservou para contribuir com o Fundo Social de Solidariedade de Paulínia.

Essa ação, em conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC), prioriza aquecer o inverno da população em situação de vulnerabilidade do município. Um trio elétrico percorreu as principais avenidas e mais dois carros de som adentraram as ruas chamando a população a esse ato de solidariedade, enquanto os voluntários coletavam as peças de casa em casa. O evento teve início por às 8h e encerrou às 12h, na sede do Club de Motoqueiros Acorrentados de Paulínia, onde a doação foi a mais expressiva dos últimos anos, superando uma tonelada de agasalhos distribuída em caixas abarrotadas de peças.

Sobre a doação volumosa dos Acorrentados, que tradicionalmente cumpre seu papel social arrecadando e doando peças, o vice-presidente, Reginaldo Tonon, comentou “Estamos no décimo terceiro ano em parceria com a Prefeitura na Campanha do Agasalho. Arrecadamos nessa campanha aproximadamente uma tonelada de roupas e hoje a gente está fazendo essa entrega oficial dos Acorrentados” informou Tonon, um dos líderes do grupo que já tem 17 anos de existência e 70 integrantes. O grupo de motoqueiros também acompanhou o trio elétrico pelas ruas da cidade durante todo o trajeto com suas motos majestosas e fizeram bastante barulho para ganhar a atenção da população para o movimento.

Entre os voluntários, também 36 jovens e mais 10 líderes, componentes do Grupo de Escoteiros Bem-te-vi, chamaram a atenção da população por sua organização e disposição de contribuir com o próximo. “Hoje estamos participando dessa campanha e é muito bom porque os nossos jovens que vão dos 11 aos 18 anos, temos no grupo 60 nessa faixa etária, eles são sempre orientados a pensar na comunidade e essas campanhas são a oportunidades deles, na prática. Bater nas portas e conscientizar as pessoas da necessidade de ajudar o próximo é um dos nossos princípios”, comentou James Piton, presidente do grupo.

O evento também contou com a participação de funcionários da Prefeitura Municipal de Paulínia: Secretaria Municipal de Transportes, Segurança Pública, da Defesa Civil, da Habitação, Desenvolvimento e Defesa do Meio Ambiente, Turismo, Saúde, Cultura, Governo e do Gabinete.

A Campanha do Agasalho 2018 foi lançada em Paulínia no dia 4 de maio e conta também com a parceria da EPTV, que está disponibilizando espaço para a propaganda.

(Rede Social): Entre os voluntários, participara, também 36 jovens e mais 10 líderes, componentes do Grupo de Escoteiros Bem-te-vi.