Novos Agentes de Controle de Vetor passam por capacitação

Também foram apresentados os principais animais sinantrópicos, animais que podem transmitir doenças

Os 22 novos agentes de Controle de Vetor de Paulínia participaram na última terça-feira (12) do treinamento de antropozoonoses que foi realizado pela responsável do Centro de Controle de Zoonoses, Iracema Custódia dos Santos Sá, e pela Coordenadora do controle do vetor para arboviroses, Ellen Oliveira. A ação foi realizada no auditório do Stop Motion, localizado no Rodoshopping.

Durante o treinamento os agentes tiveram a oportunidade de assistir aos vídeos educacionais com explicações sobre as arboviroses, mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue e dicas de como realizar a abordagem aos moradores, durante os trabalhos em campo com visitas em domicílios para orientar à população da importância de evitar criadouros de larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Também foram apresentados os principais animais sinantrópicos, animais que podem transmitir doenças, causar agravos à saúde do homem ou de outros animais, exemplos como pombo, rato, escorpião e carrapato.

De acordo com a responsável do Centro de Controle de Zoonoses, Iracema Custódia dos Santos Sá, o treinamento foi fundamental para os agentes terem conhecimentos teóricos das principais situações em campo que eles podem encontrar e para um bom atendimento à população. “O objetivo é capacitar os novos agentes de controle de vetor, que irão atuar no controle de combate ao mosquito aedes aegypti na parte de arboviroses, e que vão atuar no controle de animais sinastrópicos. E essa atividade foi muito importante para os agentes estarem preparados para combater e realizar a prevenção às doenças zoonoticas, dengue, zika vírus e chikungunya, e também a melhor forma de melhor atender a toda população”.

(PMP): A ação foi realizada no auditório do Stop Motion, localizado no Rodoshopping.