Justiça Federal condena vereador Kiko Meschiati por uso de dinheiro falso

15.06.2018

O parlamentar e seu primo, Éverson Meschiatti foram condenados à quatro anos e oito meses de reclusão em regime semiaberto

 

O desembargador Nino Toldo, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF), expediu um mandado de prisão preventiva contra o vereador Kiko Meschiatti (PRB) e seu primo Éverson Meschiatti, condenados pelo TRF, no ano passado, a quatro anos e oito meses de reclusão, a serem cumpridos em regime semiaberto, por crime contra a fé pública ao introduzir dinheiro falso no comércio local.

 

Eles tiveram recurso à decisão do TRF negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), em 9 de maio. Os ministros da Quinta Turma seguiram o relator Reynaldo Soares da Fonseca. Na região de Campinas não há presídio federal e por isso, o processo será remetido à Justiça estadual, que dará cumprimento à sentença.

Em nota, o parlamentar informou que acompanha, por meio de seus advogados constituídos, o andamento processual no qual é citado. Kiko disse que respeitará a lei, conforme orientação de seus advogados, assim como tem agido em sua função de parlamentar. Na nota, ele reitera que confia em Deus e na Justiça.

 

Vereador mais votado de Paulínia, Kiko foi denunciado pelo Ministério Público de introduzir, no comércio local, cédulas de R$ 50,00 falsificadas, em maio de 2004, em uma ação que teria a participação de uma prima, na época com 17 anos, e uma amiga dela, maior de idade. O TRF, em 2017, extinguiu a pena da amiga por prescrição da pretensão punitiva.

 

 

(Divulgação): Vereador mais votado de Paulínia, Kiko foi denunciado de introduzir, no comércio local, cédulas de R$ 50,00 falsificadas, em maio de 2004.

 

 

Segundo a denúncia do MP, o crime teria sido cometido em um comércio na Avenida José Paulino e foi flagrado por policiais militares, após denúncia de dois comerciantes que teriam recebido dinheiro falso da amiga. Os policiais abordaram o carro em que os primos estavam e encontram no porta-luvas outras 38 notas falsificadas de mesmo valor, além de R$ 362,00 em cédulas verdadeiras de outros valores, maços de cigarros, dois tabletes de chocolate, um cartão telefônico e um celular.

 

A prima adolescente e a amiga tentaram comprar cigarros em uma padaria e a nota foi recusada pela operadora de caixa. Na época, Éverson Meschiatti alegou à polícia ter obtido o dinheiro falso sem perceber a partir da venda de um computador por R$ 2,1 mil a uma pessoa, sobre a qual não soube informar nada além do primeiro nome. Kiko estava junto e a prima e a amiga teriam pedido uma carona depois da transação.

 

Em primeira instância, os dois tinham sido condenados à pena de seis anos e três meses de reclusão em regime semiaberto e 124 dias-multa cada, sendo considerado o valor do dia-multa 1/6 e 1/10 do salário-mínimo vigente à época do crime, respectivamente, enquanto a amiga foi condenada a quatro anos de reclusão em regime aberto e 72 dias-multa, sendo considerado o valor do dia-multa 1/10 do salário da época. O TRF reduziu a pena e deu provimento parcial às apelações dos primos, declarando extinta a punição em relação ao delito de corrupção de menor por prescrição da pretensão punitiva.

 

Fonte Correio Popular

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Gostei
Please reload

27 Jan 2020

O evento é aberto para toda população, gestores e servidores que atuam na rede municipal de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promove nesta quarta-feira (29), em parceria com o Conselho Municipal de Saúde (CMS) a oficina “Aprender para Atender Saúde da População Negra”.

O evento é aberto para toda população, gestores e servidores que atuam na rede municipal de saúde.
 

Segundo o secretário de Saúde doutor Fábio Alves, o objetivo deste encontro é garantir a população negra um atendimento e...

27 Jan 2020

A novidade foi publicada pelo atual prefeito Du Cazellato (PSDB) em suas redes sociais

Neste fim de semana, os paulinenses receberam uma notícia que agradou e muito a população.

Na manhã do último sábado (25), chegaram ao Parque Zeca Malavazzi quatro novos pedalinhos. A novidade foi publicada pelo atual prefeito Du Cazellato (PSDB) em suas redes sociais.

O prefeito disse que em breve os pedalinhos estarão disponíveis para a população, porém não informou quando deve entrar em funcionamento. Danilo B...

24 Jan 2020

A base da GM irá atender as ocorrências da comunidade com mais agilidade 

A Prefeitura de Paulínia lançou na última semana a licitação para contratação de empresa que irá fazer as adequações necessárias, para instalação da base da Guarda Municipal no João Aranha.

O espaço definido pela Secretaria Municipal de Segurança Pública será a antiga “Casa do Pão”, que fica na Praça Waldemar Perissinotto, conhecida popularmente como “Lagoa do João Aranha”. 

“Com a nova base poderemos atender as ocorrências n...

24 Jan 2020

Volume de recursos envolve investimentos em fundos líquidos, ilíquidos e estressados e representa mais de R$ 1 bilhão de reais em ativos líquidos

A política de governança corporativa, o acompanhamento diário de seus investimentos e a busca por maior qualidade na gestão acabou refletindo nos resultados financeiros do Instituto Pauliprev no ano de 2019. A autarquia previdenciária fechou o exercício com um patrimônio bruto superior a R$ 1,3 bilhão, um recorde no instituto. Esse volume de recursos en...

24 Jan 2020

Empresa opera com até 52 circulares no município e mantêm outros cinco reservas, no total de 57 veículos 

Uma ótima notícia pra população paulinense foi anunciada nesta quinta-feira (23). Mais 10 ônibus verdes chegaram a Paulínia para reforçar a frota da Terra Auto Viação, concessionária do transporte público urbano e rural da cidade. Agora, de acordo com a Prefeitura, a empresa opera nos horários de pico com até 52 circulares no município e ainda mantêm outros cinco reservas, no total de 57 veíc...

24 Jan 2020

Polícia Federal denunciou empresa pelo crime de lavagem de dinheiro no valor de R$ 2,4 milhões 

A força-tarefa da Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná (MPF-PR) denunciou No último dia 16, Paulo Roberto Salvador, representante e administrador da Editora Gráfica Atitude, pelo crime de lavagem de dinheiro no valor de R$ 2,4 milhões. Os crimes teriam sido cometidos entre os anos de 2010 e 2013 por meio da celebração de contratos de prestação de serviços ideologicamente falsos com o Grupo...

24 Jan 2020

As aulas são ofertadas na modalidade de Ensino à Distância (EAD) em áreas de gestão e tecnologia de informação

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, oferece 20 mil vagas em cursos gratuitos de qualificação profissional do programa Via Rápida Virtual. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 30 de janeiro através do site www.viarapida.sp.gov.br.

No Via Rápida Virtual, todas as aulas são realizadas de forma online, no modelo de...

24 Jan 2020

Equipes da ROMU de Paulínia realizaram as ações policiais em diversos bairros de Paulínia

Durante operações realizadas em diversos bairros por equipes da ROMU de Paulínia, resultaram em 4 prisões em flagrante por tráfico de drogas no último fim de semana.

Na sexta-feira (17), um indivíduo foi abordado pelo bairro Jardim Amélia em posse de drogas e dinheiro, juntamente com um homem que acabara de comprar drogas com o mesmo. O indivíduo foi apresentado ao plantão policial e preso em flagrante.

Também...

24 Jan 2020

Vagas voltadas ao setor de manutenção industrial atendem às cidades de Paulínia e Sumaré

A Yara Brasil, atuante no ramo de fertilizantes, está com um processo seletivo em aberto para a contratação de profissionais em Paulínia e Sumaré. De acordo com a empresa, as vagas são voltadas ao setor de manutenção industrial.

Conforme anunciado, para se candidatar, basta se acessar o link da vaga de seu interesse e enviar o currículo diretamente no site da Yara Brasil.

Vagas em Paulínia

Mecânico Jr – Pos...

Please reload

© 2018 Jornal de Paulínia