Prefeitura abre concorrência pública para concessão do Paulínia Shopping

O prazo da concessão administrativa será de 10 anos com pagamento de taxa mínima de R$ 205 mil

A Prefeitura Municipal lançou na última sexta-feira (18) um edital para concorrência pública da administração do Paulínia Shopping. A administração era feita sob intervenção da Prefeitura desde 2011 e, agora será feita pela empresa privada que vencer a concessão.

Segundo a minuta do contrato, o prazo da concessão administrativa será de 10 anos e, a futura administradora do centro de compras da cidade deve pagar ao município uma taxa mínima mensal de aproximadamente R$ 205 mil, correspondentes a 0,5% do valor patrimonial do Paulínia Shopping, avaliado em R$ 41.171.205,15 (quarenta e um milhões, cento e setenta e um mil, duzentos e cinco reais e quinze centavos).

Atualmente, a gestão do shopping está com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Rui Rabelo. De acordo com a administração Dixon (PP) as receitas e despesas do Paulínia Shopping são creditadas em contas próprias da Prefeitura, geridas pela Secretaria de Finanças. Das atuais 56 lojas, 39 estão alugadas e 17 vazias, segundo anexo do edital da concorrência pública, que não abrange a parte da rodoviária.

Fachada do Paulínia Shopping.

© 2020 Jornal de Paulínia