Representantes do Conselho Municipal dos Direitos Mulher de Paulínia são eleitas

A eleição acorreu no último sábado (5) na Casa dos Conselhos no Complexo Rodoviária-Shopping

Ao todo, 314 eleitores compareceram à votação para eleger o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher em Paulínia, para o biênio 2018/2020. Foram eleitas seis mulheres, Suelen Fernanda Martins,115 votos, Luana Rosiene da Silva, 67 votos, Fabiana Fernanda Barbosa, 58 votos, Roseli de Godoy Abreu, 28 votos, Edna Aparecida da Rocha Teshima, 22 votos, Ângela Pereira Schroder, 20 votos, Grasielle Silva de Farias Nascimento, 02 votos, Patrícia Braga Barbosa, 01 voto. Os eleitos terão a partir de agora, uma grande tarefa a cumprir: desenvolver políticas públicas que visem promover e assegurar o bem estar e o direito da mulher paulinense. A eleição acorreu no último sábado (5) na Casa dos Conselhos no Complexo Rodoviária-Shopping.

As eleitas são representantes da Sociedade Civil que se juntam as representantes do poder público oriundas das Secretarias, da Promoção e Desenvolvimento Social, Segurança Pública, Saúde, Negócios Jurídicos e Cultura. O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Paulínia é um órgão ligado à Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social e tem como objetivo políticas que visem eliminar a discriminação da mulher, assegurando-lhe condições de liberdade e igualdade de direitos, bem como participação nas atividades de políticas econômicas e culturais do Município.

(PMP): Os eleitos terão a partir de agora, uma grande tarefa a cumprir: desenvolver políticas públicas.

© 2020 Jornal de Paulínia