Pauliprev adere à programa que padroniza as rotinas diárias das previdências

O sistema foi criado pela Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda

O Instituto de Previdência dos Funcionários Públicos de Paulínia, Pauliprev, aderiu ao Programa Pró-gestão RPPS (Regime Próprio de Previdência Social), um sistema criado pela Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda cujo principal intuito é a padronização das rotinas diárias das previdências. O Termo de Adesão foi assinado na última quinta-feira (19) pelo prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho, e pelo presidente da autarquia previdenciária de Paulínia, José Freitas Guimarães.

O programa é composto por quatro níveis de qualidade e a meta do Instituto é alcançar esse nível mais alto, de forma a que ocorra sua profissionalização enquanto RPPS. O processo para a obtenção da excelência nesses serviços é longo, e para subir de nível cada instituto de previdência vai cumprindo requisitos pré-determinados e assim se qualificando cada vez mais.

A adesão ao sistema, embora facultativa, demonstra o interesse do Instituto e município no aprimoramento e implantação de ações de modernização da gestão nas dimensões: Governança Corporativa, Controles Internos e Educação Previdenciária, propiciando maior transparência, segurança e controle dos trabalhos desenvolvidos pelo Pauliprev.

De acordo com a Diretoria Executiva do Pauliprev, a implantação do Manual do Pró-Gestão vai contribuir para modernizar os trabalhados da previdência municipal, introduzindo padrões de qualidade nos processos de trabalho proporcionando assim, avanços com a profissionalização e a qualificação dos funcionários.

Ainda de acordo com a direção, a aplicação do manual proporcionará à autarquia a classificação de “Investidor Qualificado”, o que influencia diretamente e eleva o nível de sua Carteira de Investimentos, evitando que o dinheiro dos servidores seja aplicado nos chamados “fundos podres”.

A Certificação

O Pró-gestão RPPS, programa de âmbito nacional, visa a Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios e o reconhecimento das boas práticas de gestão adotadas pelos RPPS.

Foi criado pela Secretaria de Previdência – SPREV do Ministério da Fazenda, por força da Lei nº 13.341/2016, que tem o fundamento de atribuir e exercer a orientação, supervisão, acompanhamento dos RPPSs, estabelecer e publicar parâmetros, diretrizes gerais para sua organização e funcionamento nos termos do art. 9º, I e II da Lei nº 9.717/1998.

A certificação será realizada por entidade externa credenciada, que avaliará critérios definidos no manual do programa, e atestará, entre outros itens, qualidade e funcionalidade, por um determinado prazo, declarando explicitamente que as ações são desenvolvidas em conformidade com os procedimentos padronizados e documentados.

Fonte Tribuna Paulínia

(Divulgação): Instituto de Previdência dos Funcionários Públicos de Paulínia, Pauliprev,

© 2020 Jornal de Paulínia